Sem César Farías, Botafogo passa a estudar novas opções para treinador

Sergio Santana
·1 minuto de leitura


Após idas e vindas, César Farías era o nome do Botafogo para assumir o comando da equipe. O que parecia certo, contudo, está virando em uma novela: o venezuelano ainda não deu uma resposta à diretoria do Alvinegro se vai se desligar da seleção da Bolívia, equipe que treina atualmente, de forma imediata, ou apenas após o dia 17, data da próxima Data Fifa.

A indefinição não agrada dirigentes do Botafogo. Alguns, inclusive, já querem abandonar o negócio de vez. Pela necessidade a curto prazo, o Alvinegro conta com César Farías para o quanto antes. A Federação Boliviana de Futebol, porém, afirma que o treinador não avisou nada sobre uma possível liberação e, até agora, ele está confirmado no comando da "La Verde" nos próximos compromissos das Eliminatórias.

De qualquer modo, o Botafogo, liderado por Túlio Lustosa, gerente de futebol, começa a estudar novas opções. Ainda sem fazer contatos oficiais e tampouco propostas, o Alvinegro começa a "preparar o terreno" no caso de uma negativa de César Farías em busca de alternativas.

Existe também a possibilidade de Túlio e os dirigentes alvinegros cansarem de esperar e cancelarem o acordo. O novo nome para dirigir o Botafogo também é estrangeiro. Nomes são oferecidos e colocados à mesa do clube de General Severiano diariamente.

Sob a indefinição da Federação Boliviana de Futebol e a falta de uma resposta oficial de César Farías, vai se desenrolando a possibilidade de um novo nome no clube de General Severiano.