Sem acordo com Ajax, Antony fica no São Paulo pelo menos até julho

Fellipe Lucena
LANCE!
Antony foi titular do São Paulo durante todo o ano passado - FOTO: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Antony foi titular do São Paulo durante todo o ano passado - FOTO: Rubens Chiri/saopaulofc.net


São Paulo e Ajax não chegaram a um acordo pela venda de Antony e, embora os dois clubes continuem conversando, o atacante de 19 ficará no Morumbi pelo menos até julho. Motivo: a janela holandesa fechou nesta sexta.

A possibilidade de o garoto continuar no Brasil neste primeiro semestre já era considerada alta na quinta-feira devido ao tempo curto e à complexidade do negócio. Isso não significa que as conversas só serão retomadas em julho, quando abre a próxima janela europeia: as partes devem seguir negociando em fevereiro e o Ajax continua como favorito.

A janela na Alemanha, outro país em que Antony despertou interesse (no RB Leipzig e principalmente no Borussia Dortmund) também fechou nesta sexta. Entre os principais centros europeus, só em Portugal a janela permanece aberta até domingo.

A proposta do Ajax estava na casa dos 25 milhões de euros (R$ 118 milhões) por Antony mais 20% de David Neres que ainda pertencem ao São Paulo. Mas 5 milhões de euros (R$ 23 milhões) deste montante ainda dependeriam do rendimento de Antony na Holanda. O São Paulo considera que pode ganhar mais com o atacante, que está disputando o Pré-Olímpico na Colômbia e provavelmente será titular na Olimpíada de Tóquio, em julho, caso a Seleção Brasileira confirme sua classificação.

Embora precise de dinheiro para equilibrar o caixa - fechou 2019 com déficit de R$ 180 milhões e prevê em seu orçamento de 2020 o faturamento de R$ 155 milhões (33 milhões de euros) só em negociações, valor consideravelmente alto -, o São Paulo sinaliza ao mercado que não vai vender nenhum de seus atletas "no desespero", sob o risco de receber menos do que acredita ser justo por eles.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também