Selo de qualidade! Lisca herda 'posto' de Renato após queda do técnico gremista; entenda

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

O que Lisca, do América-MG, tem a ver com Renato Portaluppi, agora ex-treinador do Grêmio? Muito! O comandante do Coelho herda do colega o posto de técnico há mais tempo em atividade em um mesmo clube da Série A do Campeonato Brasileiro.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Lisca foi anunciado pelo time de Belo Horizonte em 30 de janeiro de 2020 e ocupou a vaga deixada por Felipe Conceição, que aceitou um convite do Red Bull Bragantino. A decisão, claro, se mostrou acertada, e o tempo fez questão de colocar um "selo de qualidade" em seu trabalho.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Já são quase 15 meses à frente do América-MG. Nesse período, conseguiu levar a equipe às semifinais da Copa do Brasil, eliminando Corinthians e Internacional e só caindo diante do Palmeiras (que viria a ser o campeão), e ainda a garantiu de volta à elite do futebol nacional, com o segundo lugar na Série B do ano passado - perdeu o título no saldo de gols para a Chapecoense.

Neste momento, o time ocupa a terceira colocação no Campeonato Mineiro e está classificado para a terceira fase da Copa do Brasil. No entanto, já acumula quatro partidas sem vitória, igualando a pior sequência do técnico desde que desembarcou na capital das Minas Gerais. Neste sábado, no Independência, Lisca comanda a equipe diante do Coimbra, pela 10ª rodada do Estadual. A bola rola a partir das 17h30.

Para mais notícias do América-MG, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.