Seleções das Américas são destaques na Copa do Mundo de basquete

Brasil, Estados Unidos, Argentina, Porto Rico, República Dominicana e Venezuela disputam por vaga (Foto: FIBA)
Brasil, Estados Unidos, Argentina, Porto Rico, República Dominicana e Venezuela disputam por vaga (Foto: FIBA)


Após o fim da primeira fase da Copa do Mundo de Basquete, pode-se tirar as conclusões que as Seleções das Américas viraram destaque. Além do Brasil, outras cinco seleções avançaram: Estados Unidos, Argentina, Porto Rico, República Dominicana e Venezuela. A situação esquenta ainda mais a briga por um lugar na Olimpíada de Tóquio.

Além do Brasil, a Argentina e os Estados Unidos estão invictos. Porto Rico, República Dominicana e Venezuela venceram duas partidas. Precocemente, apenas o Canadá foi eliminado, mas segue na China para fazer dois jogos pelo "torneio de consolação" que definirá do 17º ao 32º colocado.

Agora pensando na segunda fase, o Brasil procura voos maiores. No Grupo K, ao lado de Estados Unidos, República Tcheca e Grécia, joga no sábado contra os tchecos e na segunda-feira pega os americanos. Se os brasileiros vencerem os tchecos e os Estados Unidos baterem a Grécia, já está nas quartas de final, onde cruzaria com Lituânia, Austrália, República Dominicana ou França.

Pela situação das seleções, Estados Unidos, Argentina e Venezuela, junto ao Brasil, são os favoritos a conquistar uma vaga para 2020. A Federação Internacional aumentou o peso do torneio, que dá sete das 12 vagas para os Jogos Olímpicos. O continente americano tem direito a dois postos, e quem fizer melhor campanha, leva a classificação.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também