Seleção tem corrida contra o tempo para retorno de Neymar e laterais diante da Coreia


A Seleção Brasileira foi derrotada por 1 a 0 por Camarões, na última sexta-feira, mas não terá muito tempo para digerir o placar negativo, pois precisa lidar com problemas maiores, entre eles a escalação do time titular que enfrenta a Coreia do Sul, na próxima segunda, pelas oitavas de final da Copa do Mundo do Qatar. E muito dessa definição dos 11 iniciais do mata-mata passa pela recuperação do trio Neymar, Danilo e Alex Telles.

> AO VIVO: acompanhe em tempo real os passos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Retornos cada vez mais próximos, mas dependem de avaliações

Depois da partida, o médico Rodrigo Lasmar trouxe uma visão mais otimista em relação aos três. Se antes havia um pessimismo, agora o pensamento é nas próximas horas que o Brasil tem até enfrentar os sul-coreanos e isso evita que eles sejam descartados.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

- Ainda temos 72 horas para o próximo jogo, vamos contar com o tempo ao nosso favor. Nós temos possibilidades ainda e vamos aguardar como vai ser essa transição - declarou Lasmar em entrevista coletiva após a derrota para os camaroneses.

> Veja a tabela e o simulador da Copa do Mundo-2022 clicando aqui

Este sábado será um dia decisivo para o desenrolar desses casos. Danilo, que tem recuperação mais avançada de seu tornozelo esquerdo, deve treinar com o grupo e tem boas possibilidades de jogar nesta segunda-feira. Já Neymar e Alex Sandro serão colocados para treinar com bola, separados do elenco, para entender como reagem.

Segundo apurou o LANCE!, a chance de retorno de Ney e o lateral-esquerdo é bastante remota para as oitavas de final, mas é avaliada como "muito provável" para as quartas de final, caso o Brasil passe pela Coreia do Sul e avance na Copa do Mundo. Tudo vai depender, no entanto, da reação de cada um aos treinos deste sábado e deste domingo.

Danilo - Treino Seleção Brasileira
Danilo - Treino Seleção Brasileira

Danilo é quem está mais avançado para voltar (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Novos desfalques e pressa maior para retornos

Tite ganhou um novo problema para escalar a Seleção Brasileira, já que Alex Telles, que passou a ser o lateral-esquerdo titular, parece ter sofrido uma lesão considerável no joelho direito e não deve ter condições de jogo tão logo. Ele passará por exames de imagem neste sábado, que devem indicar os próximos passos. Enquanto isso, o treinador precisa de um lateral, pois Alex Sandro ainda se recupera e não tem retorno garantido.

Dessa forma, Danilo pode ser um fator essencial nessa equação. Como lateral de ofício, ele pode ser escalado pelo lado esquerdo de forma improvisada, enquanto Militão ou Daniel Alves poderiam assumir o lado direito. Caso Danilo não tenha condições de retornar, Tite precisará arranjar outra solução. Diante de Camarões, Marquinhos foi colocado na função, mas dificilmente o treinador abriria mão do jogador na zaga.

> ATUAÇÕES: Martinelli se destaca em derrota da Seleção para Camarões na Copa

Neymar para preencher vaga que ainda não tem substituto

Apesar de antes da Copa do Mundo muito se falar que a Seleção Brasileira estava menos dependente de Neymar, as duas últimas partidas mostraram o contrário. Com a lesão do camisa 10, Tite testou duas possibilidades que acabaram não dando certo. Uma com Paquetá centralizado, contando com Casemiro e Fred por trás no time titular. E outra utilizando Rodrygo, também com uma dupla de volantes atuando por atrás.

Fica a impressão de que para o melhor funcionamento do time, como aconteceu em boa parte do duelo com a Sérvia, Neymar é elemento fundamental, pois não há um "emulador" do principal craque do Brasil, apenas ele parece saber fazer esse papel para a "roda" girar. Portanto, a recuperação dele o mais breve possível é algo que a comissão técnica deve estar esperando muito e precisa de respostas para pensar qual será a outra alternativa.

> Brasil x Coreia do Sul: saiba data e horário do confronto das oitavas de final

E agora?

A Seleção Brasileira agora enfrenta a Coreia do Sul, na próxima segunda-feira, às 16h (de Brasília), pelas oitavas de final da Copa do Mundo do Qatar. Serão apenas duas sessões de treino neste final de semana antes de entrar em campo novamente pelo torneio.