Seleção: Surpresas na lista de Tite devem ficar por conta das ausências na Copa


Nesta segunda-feira, às 13h, Tite finalmente convocará a Seleção Brasileira que disputará a Copa do Mundo do Qatar. A expectativa do torcedor tem sido alta para saber quem estará na lista de 26 nomes. No entanto, é bastante improvável que um nome diferente do previsto seja chamada. As surpresas devem ser as ausências.


> Veja quem pode aparecer na lista da Seleção para Copa do Mundo
> Veja a tabela da Copa do Mundo-2022 clicando aqui

Quem estiver aguardando um nome de impacto, que fuja daquilo que Tite já chamou nesse último ciclo, poderá ficar bastante frustrado, já que não é algo que faça parte do trabalho do treinador, principalmente na última convocação antes do Mundial. A prioridade será quem esteve nesses últimos quatro anos e meio de batalha.

Se o palmeirense, por exemplo, estiver esperando Dudu ou Gustavo Scarpa na lista, trata-se de algo extremamente improvável, isso para não dizer impossível. Não pela qualidade dos jogadores, nem pela fase atual pela qual eles passam, mas por quem está na frente nessa briga acirrada por uma vaguinha entres os 26 convocados de 2022.

E essa briga acirrada é que pode gerar surpresas, mas não na lista de quem vai para o Qatar, e sim naquela dos que ficam no Brasil ou na Europa durante a disputa da Copa do Mundo. Com cerca de 20 nomes certou e/ou bem encaminhados, o universo de seis vagas restantes é muito pequeno pela quantidade de candidatos.

Brasil x México - Daniel Alves
Brasil x México - Daniel Alves

Dani Alves levou o ouro olímpico em 2021 (Foto: PEDRO PARDO / AFP)

Dessa forma, com certeza nomes fortes e importantes devem ficar fora e, talvez, aí sim estejam as surpresas. A maior deles, nesse sentido, pode ser Daniel Alves, que é uma peça de confiança de Tite, já foi capitão e teve quatro chances como titular em jogos de 2022. Depois de sua passagem sem muito sucesso pelo Pumas, ficou fora da última lista da Seleção e sua presença na Copa virou dúvida.

O mesmo pode se dizer de Philippe Coutinho, que não vive boa fase pelo Aston Villa, da Inglaterra. O meia já havia passado por um momento ruim recentemente, mas foi chamado pelo treinador e acabou crescendo também em seu clube, que já era o Aston Villa. Apesar de sua presença frequente nas listas desde o fim de 2021, ele foi outro que ficou fora da última Data Fifa. Copa também é dúvida.

Talvez esses sejam os nomes que mais impactariam caso não fossem chamados. Não pelo que vêm jogando, mas pela status que têm no futebol mundial. No entanto, há também aqueles geram uma pequena surpresa por conta da perda de espaço ao longo do tempo, como Gabriel Magalhães, Matheus Cunha e Roberto Firmino, que já foram nomes quase certos e hoje, de fato, parecem fora dos planos.

Confira o status de cada jogador na perspectiva do LANCE!

OS "GARANTIDOS"
​Goleiros: Alisson (Liverpool-ING), Ederson (Manchester City-ING) e Weverton (Palmeiras);
​Zagueiros: Marquinhos (PSG-FRA), Thiago Silva (Chelsea-ING) e Éder Militão (Real Madrid-ESP);
​Laterais: Danilo (Juventus-ITA) e Alex Sandro (Juventus-ITA);
​Volantes: Casemiro (Manchester United-ING), Fabinho (Liverpool-ING) e Fred (Manchester United-ING);
​Meias: Lucas Paquetá (West Ham-ING);
​Atacantes: Neymar (PSG-FRA), Richarlison (Tottenham-ING), Vinícius Júnior (Real Madrid-ESP), Raphinha (Barcelona-ESP) e Antony (Manchester United-ESP)

BEM COTADOS
​Volantes: Bruno Guimarães (Newcastle-ING)
​Atacantes: Rodrygo (Real Madrid-ESP), Gabriel Jesus (Arsenal-ING) e Pedro (Flamengo)

AS DÚVIDAS
​Zagueiros (1 ou 2 vagas): Ibañez (Roma-ITA), Bremer (Juventus-ITA), Léo Ortiz (RB Bragantino), Gabriel Magalhães (Arsenal-ING) e Lucas Veríssimo (Benfica-POR);
Laterais (1 ou 2 vagas): Alex Telles (Sevilla-ESP), Renan Lodi (Nottingahm Forest-ING), Dani Alves (Pumas-MEX) e Emerson Royal (Tottenham-ING);
​Meias (1 vaga): Éverton Ribeiro (Flamengo) e Philippe Coutinho (Aston Villa-ING);
Atacantes (1 ou 2 vagas): Gabriel Martinelli (Arsenal-ING), Matheus Cunha (Atlético de Madrid-ESP), Roberto Firmino (Liverpool-ING) e Gabigol (Flamengo).