Seleção masculina vence o Irã e sustenta liderança da Copa do Mundo

Web Vôlei
LANCE!
Ataque de Alan diante do Irã (FIVB Divulgação)
Ataque de Alan diante do Irã (FIVB Divulgação)


Foi com emoção nos finais dos sets. Mas, com um jogo muito bem distribuído – quatro jogadores terminaram a partida com mais de 10 pontos -, a Seleção Brasileira Masculina de vôlei derrotou o Irã por 3 sets a 1 – parciais de 25-27, 25-21, 27-25, 25-22 -, na madrugada deste domingo, na cidade japonesa de Nagano, pela quinta rodada da Copa do Mundo do Japão.

Com o resultado, o Brasil manteve a invencibilidade e a liderança da competição, agora com 15 pontos. Na cola estão Estados Unidos e Polônia, com quatro vitórias e uma derrota cada.

A Copa do Mundo para agora por três dias para as seleções trocarem de sede. O Brasil vai para Hiroshima, onde enfrenta a Argentina, na madrugada de quarta-feira, às 2h (horário de Brasília), com transmissão pelo SporTV 2.

Leal e Alan foram os maiores pontuadores do Brasil, com 16 pontos. Lucão marcou 14 e Lucarelli, 12.

O Irã entrou em quadra com um time bem diferente daquele que o Brasil está acostumado a jogar, com jogadores mais novos, deixando o experiente levantador Marouf e o oposto Amir Ghafour no banco. Entre os destaques, o ponteiro Amir Esfandiar, de apenas 20 anos – campeão Mundial Sub-19 em 2017 e novamente do Mundial Sub-21 deste ano – que marcou 13 pontos, além de Yali, eleito o MVP no Mundial Sub-23 de 2015.

- Estamos felizes pois precisávamos destes três pontos. Creio que a seleção iraniana tem uma geração boa, criando um mix entre os jogadores mais jovens e os mais experientes. Eles formam uma grande time e nunca é fácil enfrentá-los. Fizemos um bom trabalho aqui em Nagano, mas temos de melhorar. Desperdiçamos muitos contra-ataques - comentou o levantador e capitão Bruninho.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também