Seleção de Gales convoca Bale, que ficou afastado nas últimas semanas por lesão

AFP
O atacante da seleção galesa, Gareth Bale, toca a perna depois de se machucar em uma partida contra a Croácia nas eliminatórias para a Eurocopa de 2020 no dia 13 de outubro de 2019 em Cardiff
O atacante da seleção galesa, Gareth Bale, toca a perna depois de se machucar em uma partida contra a Croácia nas eliminatórias para a Eurocopa de 2020 no dia 13 de outubro de 2019 em Cardiff

Gareth Bale, que não joga desde que se machucou na panturrilha em uma partida do País de Gales no dia 13 de outubro, foi convocado por sua seleção, nesta terça-feira para os duelos das eliminatórias da Eurocopa 2020 contra Azerbaijão e Hungria.

O atacante do Real Madrid jogou pela última vez no empate em 1 a 1 contra a Croácia, quando marcou um gol, no dia 13 de outubro.

Desde então não ficou disponível para seu técnico Zinedine Zidane. Na semana passada recebeu uma permissão do Real Madrid para viajar a Londres, alimentando as especulações sobre uma possível saída do clube no mercado de janeiro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mas Zidane negou os boatos e garantiu que quer que o jogador "fique até o final da temporada".

"No momento ele não está pronto, não está preparado para treinar com normalidade", disse Zidane, que no entanto, admitiu que "seu país tem direito de convocá-lo, é uma data Fifa".

"O jogador quer estar bem, é o primeiro que sofre, mas vamos ver como ele fica nesta última semana e depois como vai com sua seleção, se vai estar pronto ou não", acrescentou o técnico merengue nesta terça, na véspera do duelo do Real Madrid com o Galatasaray pela Champions.

O treinador galês Ryan Giggs, comentou a evolução do atleta: "Não foi uma grande lesão, mas é uma preocupação. Estou em constante contato com ele. Ele está confiante em sua presença na partida. Está melhorando dia após dia. A última vez que falei com ele tinha certeza de que chegaria",

Gales, que surpreendeu ao ser semifinalista da Eurocopa 2016, joga contra a seleção do Azerbaijão no dia 16 de novembro e enfrenta a Hungria no dia 19, duas partidas cruciais para suas pretensões de voltar à maior competição continental de seleções.

Giggs também convocou sua outra estrela, o meia da Juventus Aaron Ramsey, que poderá jogar sua primeira partida nas eliminatórias após superar um problema na coxa.

Leia também