Seleção feminina trabalha parte ofensiva antes de estreia contra a China nos Jogos Olímpicos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Fazendo os últimos ajustes antes da estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, a Seleção Brasileira feminina foi a campo nesta segunda-feira para o penúltimo treinamento antes da partida contra a China. Na cidade de Sendai, a técnica Pia Sundhage comandou atividade com foco no ataque da equipe.

+ Veja a tabela e os jogos das Olimpíadas


Em trabalho realizado no Izume Soccer Field, a treinadora sueca, que conquistou dois ouros olímpicos com a seleção feminina dos Estados Unidos (2008 e 2012), começou a atividade dividindo as atletas em grupos de cinco em campo reduzido. Este tipo de treino visa aprimorar a posse de bola, o apoio na construção das jogadas ofensivas e o trabalho de pivô.

Na segunda parte da atividade, Pia escalou duas equipes de 11 jogadoras, mas as atletas novamente fizeram trabalho em campo reduzido. Por fim, a equipe treinou lances de bola parada, enquanto as atacantes treinaram finalizações.

+ Messi, CR7, Romário… Veja 20 astros do futebol mundial que jogaram Olimpíadas

Nesta terça-feira, a Seleção Brasileira faz o último treino antes da estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O Brasil debuta contra a China na quarta-feira, às 5h (de Brasília; 17h no horário local), no Miyagi Stadium.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos