Seleção feminina de tênis de mesa embarca para o Japão

·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


A 12 dias do início dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a seleção feminina de tênis de mesa embarcou para o Japão. Num primeiro momento, a delegação ficará hospedada em Hamamatsu, cidade a 250 km da capital japonesa. Além de treinar, claro, a CBTM e o COB esperam que os atletas se adaptem rapidamente ao fuso horário.

Embarcaram para o país as atletas Bruna Takahashi, Carol Kumahara, Giulia Takahashi e Jessica Yamada; o coordenador de seleções olímpicas e chefe da equipe de tênis de mesa em Tóquio, Lincon Yasuda; e, os técnicos da Seleção feminina, Hugo Hoyama, e da Seleção masculina, Francisco Arado, o Paco.

“Hoje, para preparar a mala, é muito diferente de quando era atleta. Tinha de levar raquetes, borrachas, tênis de jogo. Mas agora são menos coisas. Uma coisa que não falta na minha mala, com certeza, é a camisa do Palmeiras. De resto, muita confiança na cabeça para que as atletas possam fazer o seu melhor. Esse tempo que a gente vai ficar lá vai ser muito importante”, comentou Hoyama, antes do embarque.

Os dias que antecederam o voo também foram importantes para Jessica Yamada, que não escondeu sua animação. Mas também foram momentos de preocupação e muita cautela. A atleta precisou manter sua guarda alta, tomando todos os cuidados para evitar que uma contaminação pela Covid-19 atrapalhasse seu roteiro.

“Para ser bem sincera, ainda não consegui sentir nada. A gente tem tanto protocolo para fazer, né? Se testasse positivo, não embarcava, fiquei mais preocupada com isso mesmo. Queria testar negativo em todos os PCRs e testes de antígenos que a gente tinha de fazer antes do embarque”, comentou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos