Seleção feminina: Brasil perde amistoso para o Canadá na Vila Belmiro

Brasil perde para Canadá em Santos (Divulgação/CBF)


Em amistoso internacional feminino na Vila Belmiro, o Brasil perdeu para o Canadá. Em uma partida de domínio das visitantes, as brasileiras acabaram perdendo por 2 a 1. O resultado se construiu ainda no primeiro tempo. Zardosky e Leon marcaram para as canadenses e Debinha descontou para o Brasil. O jogo marcou o início da preparação para o Mundial Feminino no ano que vem.

INÍCIO MORNO
O primeiro tempo em si foi dominado pelo Canadá, nos minutos iniciais, com as visitantes tendo mais a posse de bola e finalizando mais. Nos 15 minutos iniciais, as canadenses tinham finalizado duas vezes, mas sem perigo.

BRASIL REAGE
Logo aos 14 minutos, o Brasil conseguiu chegar pela primeira vez com perigo na área canadense. Bia Zaneratto fez boa jogada pela esquerda e cruzou. No rebote, Ary Borges bateu colocado da entrada da área, mas a goleira canadense conseguiu encaixar.

A partir daí, o Brasil passou a ter mais a bola e começou a trabalhar mais a bola e equilibrar todo o jogo e aos 17 minutos, Adriana conseguiu bater após uma transição feita aos trancos e barrancos, mas a goleira fez defesa fácil.

GOL DELAS
Depois das duas chances de ataque do Brasil, o Canadá chegou com perigo na área em bolas levantadas: na primeira, atingiu o travessão, mas converteu na segunda. O cruzamento foi feito no segundo poste e Zadorsky subiu de cabeça e a bola encobriu a goleira Lorena.

COMEÇANDO A JOGAR BONITO
As brasileiras passaram a jogar mais soltas, apostando muito na velocidade pelo lado esquerdo com Bia Zaneratto. Aos 23 minutos, Adriana tabelou e soltou uma bomba da entrada da área e obrigou a goleira a fazer linda defesa.

DE NOVO
O Canadá conseguiu chegar duas vezes e marcar de novo. Em um lance de ataque, Sinclair recebeu na ponta da área e bateu colocado. Lorena fez uma boa ponte e evitou. No escanteio seguinte, saiu o segundo: levantamento feito e Leon aproveitou a dispersão da zaga brasileira e desviou para marcar. 2 a 0, aos 28.

+ Aston Villa apresenta novo escudo: veja times que trocaram de símbolo nos últimos dez anos

DEBINHA PARA A REDE
Depois de conseguir trabalhar bem a bola, o Brasil avançou em velocidade pelo meio com Kerolin, que foi conduzindo pelo meio com cinco opções pelo lado. Ela viu Debinha entrando no meio da defesa e fez uma linda enfiada de bola por cobertura. A artilheira dominou no peito e tocou na saída da goleira para diminuir. Belo gol brasileiro.

A mesma ainda teve uma cobrança de falta e mandou muito perto. Já aos 44 minutos, ela bateu e a bola foi por cima, mas quase foi na meta.

+ Conheça o CT da Juventus, local da preparação da Seleção para a Copa do Mundo

SEGUNDO TEMPO DE MENOS MOVIMENTO
O Brasil começou o segundo tempo se apresentando um pouco mais no ataque. Primeiro, teve uma chegada em velocidade pelo lado esquerdo com Bia Zaneratto que recebeu abertura de Ludmilla, mas bateu cruzado nas mãos da goleira. Aos 11 minutos, Ary Borges também tentou, mas mandou uma bomba em cima da arqueira. Depois disso, a etapa complementar teve muito menos movimentação do que o normal, sem chances constantes, mas com mais chegadas em si, do Canadá.

O Brasil passou a tentar algo mais a partir da segunda metade da partida, mas não com tanto perigo. Aos 26 minutos de jogo, Bia abriu com Debinha no meio. Ela enfiou para Ludmila pela esquerda, mas a goleira Sheridan chegou e ficou com a bola.

O Canadá ainda investiu no ataque com Allen, que recebeu um passe de Huiterna, que ganhou na dividida ao pressionar, mas ela bateu na rede pelo lado de fora, aos 36 minutos de jogo.

O Brasil volta a campo para novamente enfrentar o Canadá na próxima terça-feira, às 15h15, na NeoQuimica Arena, em São Paulo. As brasileiras estão em um grupo com França, Jamaica e mais um vencedor de play-off que será decidido.