Seleção Brasileira: Bebeto 'abençoa' Richarlison após golaço de voleio


A vitória do Brasil sobre a Sérvia na última quinta-feira teve Richarlison como destaque. Não é à toa, já que ele marcou os dois gols do triunfo por 2 a 0 pela primeira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo do Qatar. E o segundo tento dele na partida não foi qualquer um, foi um golaço, o mais bonito da competição até o momento. Após o jogo, ele recebeu a "benção" de um craque da Seleção Brasileira: o ex-atacante Bebeto.


> AO VIVO: acompanhe em tempo real os passos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo

E olha que Bebeto pode falar desse gol com muita propriedade. No lance do jogo da última quinta, Richarlison recebeu passe de Vini Jr., ajeitou e emendou um voleio perfeito, sem chances para o goleiro Milinkovic. Esse tipo de tento era uma característica na carreira de Bebeto, que arrancava um voleio quando não se esperava tal movimento.

Em post em seu perfil no Instagram, o tetracampeão com o Seleção em 1994 afirmou que marcou 36 gols de voleio durante a sua carreira, inclusive defendendo a Amarelinha. No texto, ele aproveitou para dar a sua "benção" ao camisa 9 do Brasil na Copa do Qatar.

- Que pintura meus amigos!!! Esse gol fez lembrar meus velhos tempos. Foram 36 gols só de voleio, sem dúvidas minha marca registrada! Richarlison, é isso meu garoto, que aula! Parabéns Seleção, parabéns para todo o time!! Vamos para cimaaaaa - disse o ex-jogador.

O ex-atacante brasileiro Bebeto também atingiu a marca dos 500 gols na carreira
O ex-atacante brasileiro Bebeto também atingiu a marca dos 500 gols na carreira

Bebeto foi um dos grandes craques da Seleção Brasileira (Foto: AFP)

> Veja a tabela e o simulador da Copa do Mundo-2022 clicando aqui

Bebeto defendeu a Seleção Brasileira entre 1985 e 1998, disputando três Copas do Mundo no período: 1990, 1994 e 1998. Nos EUA, ele teve participação fundamental no tetra formando dupla com Romário, uma das mais icônicas da história do Brasil. Foram 82 jogos com a Amarelinha e 42 gols marcados, alguns deles usando o voleio. Além da Copa, o ex-atacante conquistou a Copa América (1989) e a Copa das Confederações (1997).

+ Richarlison decidiu: veja a vitória do Brasil na Copa do Mundo em imagens

Richarlison, por sua vez, ainda busca o título Mundial com a Seleção, mas já entrou para a história conquistando a Copa América de 2019 e os Jogos Olímpicos de 2020. Pelo time principal do Brasil, já são 39 partidas e 19 gols marcados, um com benção de Bebeto.