Segundo colocado na Austrália, Hamilton afirma ter “sentido melhor” o carro

O Grand Prix da Austrália, que aconteceu na madrugada deste domingo, mostrou que a Mercedes terá uma grande concorrente na briga pelo título da Fórmula 1. Mesmo largando na pole position, o britânico Lewis Hamilton não conseguiu manter a liderança do circuito em Melbourne, foi ultrapassado por Sebastian Vettel, da Ferrari, e terminou na segunda colocação. Apesar de ter conseguido seu primeiro pódio do ano, o piloto da Mercedes não se mostrou muito contente com o resultado, e avaliou uma melhora para a próxima corrida.

“Você aprende muito com corridas como a de hoje. Senti melhor o carro, e acredito que na próxima corrida vou estar mais acostumado. Estou ansioso para essa briga, para voltar a correr. Eu vou estar mais forte na próxima corrida, pode ter certeza”, disse Lewis Hamilton.

O piloto britânico liderou a primeira corrida do ano até a 17ª volta, quando teve que trocar os pneus, de ultramacios para supermacios, e acabou sendo ultrapassado por Vettel, que imprimiu maior velocidade e abriu grande vantagem sobre Hamilton.

Com a segunda colocação na Austrália, Hamilton somou 18 pontos no Mundial de Pilotos, e ocupa a segunda posição. O alemão Sebastian Vettel, seu algoz na primeira corrida do ano, lidera com 25 pontos.

A próxima parada dos pilotos da F1 é na China. Hamilton e companhia voltam a aquecer os motores no próximo dia 06 de abril, no primeiro treino livre para o GP de Xangai. A corrida acontece às 03h00 (de Brasília) da madrugada do dia 09 de abril.