Segunda Bola #35 - Rogério Ceni e o "problema" dos ídolos que viram técnicos

Rogério Ceni virou técnico do São Paulo pela segunda vez. O fato do maior ídolo da história do clube como jogador ter se tornado treinador traz algumas particularidades para a relação. Jorge Nicola, Alexandre Praetzel e André Carbone discutem nesta edição do Segunda Bola casos de ídolos que assumem clubes e se isso costuma ser bom para o profissional e para o time, já que é extremamente provável que um técnico de time grande no Brasil, seja ídolo do clube ou não, saia demitido e desgastado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos