Se os clubes brasileiros fossem filmes vencedores do Oscar, quem eles seriam?

Lucas Humberto
·9 minuto de leitura

A temporada 2020 do futebol brasileiro foi atípica por muitas razões: pandemia, crise financeira, dança das cadeiras de técnicos, entre outros. Contudo, também foi uma das mais competitivas dos últimos anos. Teve clube abrindo sete pontos de diferença e perdendo título, outros montando elenco caríssimo para sair de mãos abanando e, claro, aqueles que só apanharam e ainda foram rebaixados.

Pensando nisso, refletimos: e se a campanha do ano passado coubesse num filme vencedor do Oscar? Aproveitamos a data, já que neste domingo (25) acontece a 93ª edição da maior premiação da sétima arte.

Oscar acontece na noite deste domingo. | David McNew/Getty Images
Oscar acontece na noite deste domingo. | David McNew/Getty Images

Confira, mas lembre-se nossa lista contém (muitos) spoilers!

1. Flamengo = "1917"

Flamengo sagrou-se bicampeão brasileiro de forma consecutiva. | Andressa Anholete/Getty Images
Flamengo sagrou-se bicampeão brasileiro de forma consecutiva. | Andressa Anholete/Getty Images

Oscar / Ano: Três estatuetas / 2020

Motivo: O Rubro-Negro iniciou a temporada como favorito ao Brasileirão, visto que havia vencido a edição anterior. No entanto, enfrentou vários percalços no caminho e, quando parecia que ninguém encostaria no São Paulo, o Mais Querido chegou e levou a taça. Superando contratempos e deixando dificuldades para trás, o clube carioca conseguiu chegar lá, assim como o protagonista de 1917 atingiu seu objetivo.

Onde assistir: Telecine Play

2. Internacional = "Cisne Negro"

O título escapou entre os dedos do Internacional. | Bruna Prado/Getty Images
O título escapou entre os dedos do Internacional. | Bruna Prado/Getty Images

Oscar / Ano: Uma estatueta / 2011

Motivo: O Colorado tinha um sonho na campanha do ano passado: vencer a Libertadores ou o Brasileirão. Da mesma forma que a bailarina Nina, em Cisne Negro, o Internacional chegou perto de realizar seu propósito, mas perdeu para si mesmo no final.

Onde assistir: Telecine Play

3. Atlético-MG = "História de um Casamento"

Atlético-MG chegou perto, mas não conseguiu vencer o Brasileirão. | GLEDSTON TAVARES/FramePhoto/Gazeta Press
Atlético-MG chegou perto, mas não conseguiu vencer o Brasileirão. | GLEDSTON TAVARES/FramePhoto/Gazeta Press

Oscar / Ano: Uma estatueta / 2020

Motivo: Atlético-MG e Brasileirão tiveram um casamento em 1971 mas a crise chegou e a lua de mel, definitivamente, foi embora. O Galo gastou uma boa nota na campanha de 2020 para tentar alguma reconciliação, porém o destino tinha outros planos. Antes mesmo das rodadas finais, o time de Sampaoli já havia saído do páreo e mostrou que, às vezes, o divórcio pode ser a melhor resposta. Qualquer semelhança com 'História de um Casamento' não é mera coincidência.

Onde assistir: Netflix

4. São Paulo = "Me Chame Pelo Seu Nome"

São Paulo foi líder isolado do Campeonato Brasileiro. | Jéssica Santana / Framephoto / Gazeta Press
São Paulo foi líder isolado do Campeonato Brasileiro. | Jéssica Santana / Framephoto / Gazeta Press

Oscar / Ano: Uma estatueta / 2018

Motivo: O Tricolor Paulista viveu um rápido amor de verão na temporada do ano passado, assim como Elio e Oliver na Itália de 1983. A liderança isolada, porém, não foi suficiente e tudo terminou em lágrimas, da mesma forma que no final de 'Me Chame Pelo Seu Nome'.

Onde assistir: Netflix

5. Fluminense = "Forrest Gump"

Fluminense está de volta à Libertadores depois de quase 10 anos longe do torneio. | NATHALIA AGUILAR/Getty Images
Fluminense está de volta à Libertadores depois de quase 10 anos longe do torneio. | NATHALIA AGUILAR/Getty Images

Oscar / Ano: Seis estatuetas / 1995

Motivo: Mesmo sem um elenco estrelado, o Fluminense provou sua tradição e ficou colado no G4. Deixou seu torcedor com a ligeira impressão de que até poderia ter conseguido posições melhores e o final foi levemente melancólico. Porém, o saldo foi positivo: de volta para Libertadores depois de quase 10 anos. O Tricolor correu e sofreu como Forrest Gump, mas terminou bem na campanha.

Onde assistir: Netflix

6. Grêmio = "Titanic"

O iceberg retornou nesta temporada sob nome de Del Valle. | Pool/Getty Images
O iceberg retornou nesta temporada sob nome de Del Valle. | Pool/Getty Images

Oscar / Ano: 11 estatuetas / 1998

Motivo: Entrou como gigante no Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores, mas perdeu todas. Nem as declaração arrojadas de Renato Gaúcho mantiveram o navio do Imortal intacto e o iceberg foi representado pelo Palmeiras, que jogou a última pá de terra na temporada gremista.

Onde assistir: Telecine Play

7. Palmeiras = "O Poderoso Chefão"

Palmeiras finalizou sua temporada com três troféus. | BUDA MENDES/Getty Images
Palmeiras finalizou sua temporada com três troféus. | BUDA MENDES/Getty Images

Oscar / Ano: Três estatuetas / 1973

Motivo: Uma das lições mais valiosas passadas pela família Corleone é que não dá para vencer todas. A campanha do Palmeiras pode até ter tido algumas derrotas dolorosas, como no Mundial, mas o saldo foi mais que positivo e envolveu três troféus: Paulista, Copa do Brasil e Libertadores.

Onde assistir: Prime Video | Telecine Play

8. Santos = "Ela"

O final da campanha santista foi um banho de água fria. | Pool/Getty Images
O final da campanha santista foi um banho de água fria. | Pool/Getty Images

Oscar / Ano: Uma estatueta / 2014

Motivo: O torcedor santista viveu momentos de mais puro êxtase com a eliminação do Boca Juniors na Libertadores. Mas, no desfecho de tudo, vimos que não era amor, era cilada. Assim como Theodore, o Santos terminou sua campanha de mãos abanando.

Onde assistir: Prime Video

9. Athletico-PR = "Noivo Neurótico, Noiva Nervosa"

Athletico-PR conseguiu uma vaga na Copa Sul-Americana. | RODRIGO BUENDIA/Getty Images
Athletico-PR conseguiu uma vaga na Copa Sul-Americana. | RODRIGO BUENDIA/Getty Images

Oscar / Ano: Quatro estatuetas / 1978

Motivo: Os torcedores se animaram com uma possível ida ao torneio continental mais importante da América do Sul. Nada feito neste casamento. Da mesma forma que nosso casal no clássico de Woody Allen, o término foi a melhor solução e a Copa Sul-Americana ficou de bom tamanho.

Onde assistir: Prime Video

10. Red Bull Bragrantino = "Parasita"

RB Bragantino ficou na 10ª colocação do Brasileirão. | Silvio Avila/Getty Images
RB Bragantino ficou na 10ª colocação do Brasileirão. | Silvio Avila/Getty Images

Oscar / Ano: Quatro estatuetas / 2020

Motivo: Ninguém sabe muito bem como o Red Bull Bragantino chegou à Série A ou apareceu entre os 10 primeiros do Brasileirão. No entanto, o Massa Bruta fez sua tarefa de casa com primor, ocupou seu espaço e desbancou favoritos. Nem a família principal de Parasita teria tanta sagacidade...

Onde assistir: Telecine Play

11. Ceará = "La La Land"

Ceará chega com favoritismo à fase final da Copa do Nordeste. | Kely Pereira/Agif/Gazeta Press
Ceará chega com favoritismo à fase final da Copa do Nordeste. | Kely Pereira/Agif/Gazeta Press

Oscar / Ano: Cinco estatuetas / 2017

Motivo: A premissa é semelhante ao RB Bragantino: o Ceará sonhou com rumos melhores e foi embalado pelo romance entre Vina e o gol, na mesma sintonia de Mia e Sebastian, do musical La La Land. Ao final da 38ª rodada, o 11º lugar no Brasileirão soou amargo como o término dos nossos musicistas.

Onde assistir: Telecine Play

12. Corinthians = "A Forma da Água"

Timão esboçou algumas boas reações no Campeonato Brasileiro, mas não conseguiu ir mais longe. | Silvio Avila/Getty Images
Timão esboçou algumas boas reações no Campeonato Brasileiro, mas não conseguiu ir mais longe. | Silvio Avila/Getty Images

Oscar / Ano: Quatro estatuetas / 2018

Motivo: O Corinthians estava mal das pernas no começo da temporada mas encontrou, na figura de Mancini, certo equilíbrio para sonhar mais. A paixão proibida de 'A Forma da Água' não terminou bem, assim como a campanha do Timão e seus objetivos no ano.

Onde assistir: Não consta nos principais serviços de streaming

13. Atlético-GO = "Até o Último Homem"

Dragão fez boa temporada e conseguiu confirmar sua vaga na Copa Sul-Americana. | EVARISTO SA/Getty Images
Dragão fez boa temporada e conseguiu confirmar sua vaga na Copa Sul-Americana. | EVARISTO SA/Getty Images

Oscar / Ano: Duas estatuetas / 2017

Motivo: Mesmo com pouco investimento se comparado aos outros clubes da Série A, o Dragão estava determinado na missão de fazer história. O Atlético-GO fez sua melhor participação no Campeonato Brasileiro até hoje e ainda conseguiu uma vaga na Sul-Americana. Embora não tivesse as melhores armas, disputou como poucos e teve desempenho digno do soldado Desmond.

Onde assistir: Prime Video

14. Bahia = "O Artista"

Bahia se reinventou e fugiu do rebaixamento. | Jhony Pinho/Agif/Gazeta Press
Bahia se reinventou e fugiu do rebaixamento. | Jhony Pinho/Agif/Gazeta Press

Oscar / Ano: Cinco estatuetas / 2012

Motivo: O Bahia precisou se reinventar na temporada assim como nosso protagonista em 'O Artista'. Flertou com rebaixamento, porém mostrou que um clube tradicional nunca sai de moda e se manteve na Série A. Ainda conseguiu sua vaga na Sul-Americana para coroar um bom resultado final.

Onde assistir: Prime Video

15. Sport = "Um Sonho de Liberdade"

Sport conseguiu resultados importantes e fugiu da Série B. | Buda Mendes/Getty Images
Sport conseguiu resultados importantes e fugiu da Série B. | Buda Mendes/Getty Images

Oscar / Ano: O longa foi indicado em quatro categorias, mas não venceu nenhuma / 1994

Motivo: O Sport sofreu (e muito) na campanha do ano passado. Foram muitas rodadas próximas ao rebaixamento e apenas um ponto permitiu que o clube recifense escapasse da degola. O Leão não precisou percorrer canos de esgoto como nosso protagonista no clássico 'Um sonho de Liberdade', mas teve que suar para se livrar do pior destino.

Onde assistir: Não consta nos principais serviços de streaming

16. Fortaleza = "O Regresso"

Fortaleza conseguiu escapar por muito pouco do rebaixamento. | Pedro Vilela/Getty Images
Fortaleza conseguiu escapar por muito pouco do rebaixamento. | Pedro Vilela/Getty Images

Oscar / Ano: Três estatuetas / 2016

Motivo: O Fortaleza estava relativamente bem na temporada, quando precisou se despedir novamente de Rogério Ceni. Daí em diante, o clube enfrentou dificuldades e passou muito perto de ser rebaixado. Com premissa muito semelhante ao roteiro de 'O Regresso', o Leão cumpriu sua sua missão principal e segue na elite. Agora, os torcedores só querem uma campanha mais tranquila...

Onde assistir: Prime Video

17. Vasco da Gama = "E o Vento Levou"

Vasco foi rebaixado à Série B. | Bruna Prado/Getty Images
Vasco foi rebaixado à Série B. | Bruna Prado/Getty Images

Oscar / Ano: Oito estatuetas / 1940

Motivo: A Série A do Brasileirão viveu um amor não correspondido com o Vasco da Gama em 2020. Tudo isso porque o Cruzmaltino resolveu não só flertar com a segunda divisão, como consumar o relacionamento e partir para novas experiências. Quando o último apito foi soado, o Gigante da Colina até tentou argumentar, mas era tarde demais. Caso semelhante aconteceu no longa que eternizou Vivien Leigh no papel de Scarlett O'Hara.

Onde assistir: Telecine Play

18. Goiás = "Gladiador"

Goiás está de volta à Série B. | Alexandre Schneider/Getty Images
Goiás está de volta à Série B. | Alexandre Schneider/Getty Images

Oscar / Ano: Cinco estatuetas / 2001

Motivo: Que sufoco! Na arena do Brasileirão 2020, o Goiás apanhou muito e não conseguiu sobreviver. Finalizou sua campanha como Russel Crowe: voltando para casa do além e revisitando seu lugar favorito no futebol: a Série B.

Onde assistir: Netflix

19. Coritiba = "Coração Valente"

Coritiba foi rebaixado. | Alexandre Schneider/Getty Images
Coritiba foi rebaixado. | Alexandre Schneider/Getty Images

Oscar / Ano: Cinco estatuetas / 1996

Motivo: O Coritiba viveu premissa semelhante ao Goiás: sofreu bastante e até conquistou alguns empates importantes, porém não conseguiu bancar sua permanência na elite e foi completamente despedaçado rumo à Série B. Dessa vez, não teve grito de 'Liberdade' (e muito menos Libertadores) ao final da campanha...

Onde assistir: Não consta nos principais serviços de streaming

20. Botafogo = "Coringa"

Não teve jeito, o Glorioso não está mais na elite. | Buda Mendes/Getty Images
Não teve jeito, o Glorioso não está mais na elite. | Buda Mendes/Getty Images

Oscar / Ano: Duas estatuetas / 2020

Motivo: Caos e desequilíbrio marcaram a temporada do tradicional Botafogo. Não teve técnico que conseguiu consertar a imensa bagunça do clube carioca e os torcedores foram feitos de palhaço. Bem, o Coringa conseguiu se reerguer diversas vezes nos quadrinhos. Será que em 2022 teremos a estrela solitária na elite novamente?

Onde assistir: Não consta nos principais serviços de streaming