'Se eu dissesse que eu gostei, estaria mentindo', diz Rogério Ceni sobre desempenho do São Paulo

Luan comemora gol no último lance da partida desta quinta, no Morumbi (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)


Nos vestiários após a vitória por 2 a 1 do São Paulo sobre o Atlético-GO, nesta quinta-feira (27), pelo Campeonato Brasileiro, o técnico Rogério Ceni reconheceu o óbvio: o Tricolor deixou a desejar no segundo tempo.


+ Confira as notas aos jogadores do São Paulo na vitória sobre o Atlético-GO dadas pela equipe do L!

A equipe, mesmo jogando no Morumbi, foi presa fácil do Dragão, acabou sofrendo o gol de empate e viu Felipe Alves salvar lance após lance até que Luan acertasse o gol salvador aos 49 minutos do segundo tempo e definisse a vitória.

- Tinha uma época que eu vinha aqui e falava muito em números. E as pessoas me criticavam muito. Acho que o Atlético-GO foi superior, teve muitas oportunidades de gols, o Felipe Alves trabalhou mais que o goleiro deles. Estou satisfeito com o resultado, de seguir batalhando por uma vaga na libertadores. Se eu dizer que agradou, estarei mentindo.

Na avaliação de Ceni, o São Paulo 'se perdeu no segundo tempo'. Não conseguiu repetir o desempenho da etapa inicial e viu o adversário ser muito superior. Mas saiu com a vitória suficiente para se manter em oitavo lugar, com 50 pontos, a dois do nono, o Fortaleza, e um atrás do Atlético-MG, com quem faz um confronto direto na próxima terça-feira (1/11), novamente no Morumbi, às 21h30 (de Brasília).

- Não acho que fizemos um bom jogo, mas temos que valorizar a vitória. Já fizemos tantos bons jogos e tomamos um gol no final, chutamos 30 vezes aqui e a bola não entrou. Futebol tem disso. Ainda existe uma chance de não disputar a Libertadores, a disputa é dura. E precisamos melhorar.

> Confira classificação, jogos e simule resultados do Brasileirão-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!