'Se estão comemorando assim, é porque fizemos frente a eles', diz Irvine, após eliminação da Austrália

Jackson Irvine enalteceu a campanha da Austrália e a atuação contra  a Argentina (JUAN MABROMATA / AFP)


Mesmo com a eliminação, a Austrália lutou até o fim e incomodou a poderosa Argentina pelas oitavas de finais da Copa do Mundo do Qatar. Tanto o técnico Graham Arnold, quanto Jackson Irvine exaltaram o desempenho e citaram que os Socceroos conseguiram fazer frente à uma das favoritas ao título.

- Fizemos tudo que podíamos para ter uma chance no jogo. Se a Argentina está comemorando assim, uma vitória contra a Austrália, isso mostra que fizemos frente, mostra o tipo de oposição demos a ele - afirmou, de forma emocionada, o meia Jackson Irvine.

Com uma campanha surpreendente, a Austrália avançou em um grupo que tinha França. Tunísia e Dinamarca no Grupo D. Com isso, conseguiu repetir a melhor campanha do país em Copas, quando também esteve nas oitavas de finais em 2006.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo


- Espero que todos na Austrália realmente respeitem o que fizemos e estejam orgulhosos de nós também. Nós buscamos isso por eles. Sinto que terminamos bem. Tivemos uma grande chance no fim para igualar. Tenho que estar muito, muito orgulhoso dos meninos. Muito grato pelo esforço que eles colocaram por mim - afirmou o comandante Graham Arnold.

O novo confronto entre Argentina e Holanda está marcado para a próxima sexta-feira, às 16h, no Lusail. Quem avançar pode enfrentar Brasil, Coreia do Sul, Croácia ou Japão em uma possível semifinal.