Señor Champions! Cristiano Ronaldo brilha, e Real bate o Atlético na semi

Cristiano Ronaldo teve atuação de gala contra o Atlético de Madrid (AP)

Cristiano Ronaldo provou que é 'O cara' quando se trata de Liga dos Campeões. Com mais uma atuação impecável, o português fez os três gols do Real Madrid na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético de Madrid, no Santiago Bernabéu. A equipe tem grande vantagem sobre o rival na busca por mais uma final da competição.

Agora, o Real pode perder por dois gols de diferença no Vicente Calderón, na quarta-feira, dia 10 de maio, que avança à decisão. Será o último dérbi entre as duas equipes no estádio do Atlético, que passará a jogar em outra arena na próxima temporada.

O Atlético iniciou a partida marcando forte, no campo do adversário, mas não conseguia transformar os lances em oportunidades de gol. o Real tinha problemas e perdia a bola com facilidade. Na primeira escapada merengue, Benzema quase abriu o placar, após jogada de Carvajal. No ataque seguinte, os anfitriões foram mais eficientes. Após cruzamento de Sergio Ramos, a zaga cortou e a bola sobrou para Casemiro, que mandou para área e Cristiano Ronaldo, de cabeça, mandou para o fundo da rede.

O jogo ficou aberto, com chance para ambos os lados. Primeiro com Varane, em cabeçada que obrigou Oblak a grande defesa. Em seguida, contra-ataque do Atlético. Gameiro apareceu livre no meio e tentou driblar Navas, mas o costarriquenho salvou o Real.

A marcação de ambos os lados ficou mais intensa. Mas a qualidade técnica se sobressaía. Em boa jogada de Cristiano Ronaldo pela esquerda, Benzema acertou linda bicicleta, que passou raspando o travessão de Oblak. Seria um lindo gol do francês. O Real passou a ter o controle total da posse de bola, mas não conseguia imprimir uma pressão mais forte, apesar de os meias Kroos, Isco e Modric terem uma liberdade incomum dada pelos Colchoneros.

O Real voltou para o segundo tempo com Nacho na vaga de Carvajal, que saiu lesionado. Sem o lateral-direito titular, os Merengues perderam uma grande força no ataque e passaram a alçar muitas bolas na área, principalmente em faltas cobradas por Kroos. Contudo, os lances de perigo ficaram bem escassos.

O Atlético diminuiu os espaços do Real Madrid e os meias ficaram com menos liberdade. Desta forma, o jogo caiu de produção e ficou mais pegado. As jogadas mais ríspidas também cresceram, mas o árbitro inglês conseguiu segurar bem o ânimo dos atletas. O Colchonero, contudo, acabou dando espaço para CR7. E foi fatal. Benzema tocou, Filipe Luís não conseguiu cortar e a bola sobrou limpa para o craque português, que bateu forte para vencer Oblak.

A torcida do Real Madrid aumentou a festa no Santiago Bernabéu e não parava de cantar, sabendo da grande vantagem que o time havia conseguido dentro de casa. Mas ela ficou ainda maior quando Lucas Vázquez fez grande jogada pela direita e rolou para trás. Cristiano Ronaldo, livre, só teve o trabalho para empurrar para a rede. O 3 a 0 no jogo de ida era tudo que o time queria e pode ir mais tranquilo para a volta, no Vicente Calderón, na próxima semana.

FICHA TÉCNICA
REAL MADRID 3 X 0 ATLÉTICO DE MADRID


Local: Estádio Santiago Bernabéu, em Madri (ESP)
Data-Hora: 2/5/2017 - 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Martin Atkinson (ING)

CARTÕES AMARELOS: Isco (REA), Koke, Saúl, Savic (ATL)

GOLS: Cristiano Ronaldo, 9'/1°T (1-0), Cristiano Ronaldo, 27'/2°T (2-0), Cristiano Ronaldo, 40'/2°T (3-0)

REAL MADRID: Navas; Carvajal (Nacho - intervalo), Sergio Ramos, Varane e Marcelo; Casemiro, Kroos e Modric; Isco (Asensio - 22'/2°T), Benzema (Lucas Vázquez - 31'/2°T) e Cristiano Ronaldo. Técnico: Zinedine Zidane.

ATLÉTICO DE MADRID: Oblak; Lucas Hernández, Godín, Savic e Filipe Luís; Gabi, Koke, Saúl (Gaitán - 12'/2°T) e Carrasco (Ángel Correa - 22'/2°T); Griezmann e Gameiro (Fernando Torres - 11'/2°T). Técnico: Diego Simeone.

E MAIS: