Scarpa reafirma boa fase e guia o Palmeiras em vitória no Brasileiro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com golaço e assistência de Gustavo Scarpa, o Palmeiras conseguiu vencer o Bahia por 3 a 2, na noite deste domingo (27) no Allianz, em São Paulo. A partida foi válida pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado reabilita o time depois da derrota para o Red Bull Bragantino por 3 a 1, mas não esconde os problemas da equipe dentro de campo, principalmente o lado esquerdo da sua defesa.

O time paulista, agora, tem 13 pontos e cola nos líderes, enquanto os baianos somam cinco pontos em sete partidas pelo Nacional.

O primeiro tempo foi agitado do início ao fim. O Palmeiras tentou pressionar o Bahia desde a saída de bola, conseguiu abrir o placar com golaço e, depois que sofreu o gol de empate, ficou no lucro por não tomar uma virada.

No primeiro minuto de bola rolando, os alviverdes conseguiram um escanteio com chute de Gustavo Scarpa interceptado pela zaga. Aos cinco minutos, o meia da equipe alviverde abriu o placar com bonito gol em cobrança de falta. Scarpa chutou de longa distância e acertou o ângulo do goleiro Matheus Teixeira.

Apesar das atuações irregulares do Palmeiras, Scarpa vive ótima fase no clube.

Mesmo com a vitória parcial, Abel Ferreira não demorou para exibir o seu descontrole com a arbitragem. Curiosamente foi Luiz Adriano quem precisou pedir calma para o próprio técnico.

O Bahia empatou aos dez minutos. Em cobrança de falta pela direita, Rodriguinho levantou na área, e Luiz Otávio ganhou da zaga palmeirense para completar de cabeça.

Com o empate, o Bahia tentou explorar brechas principalmente pelo lado esquerdo da zaga palmeirense. O zagueiro Gustavo Gómez com a seleção paraguaia na Copa América tem deixado Abel com saudades.

Gilberto perdeu uma chance incrível de gol, aos 42. Nino cruzou na área, e Gilberto, livre na pequena área e praticamente debaixo da trave, furou.

Na etapa final, o Bahia esteve melhor no jogo e mais próximo do segundo gol. Rossi acertou a trave de Weverton, aos 9 minutos.

De uma só vez, Abel substituiu Luiz Adriano, Danilo Barbosa, Danilo e Marcos Rocha, respectivamente, por Raphael Veiga, Zé Rafael, Patrick de Paula e Gabriel Menino.

O Palmeiras até que melhorou na partida, organizou a saída de bola e começou a criar oportunidades. Guto Ferreira respondeu com sua primeira mudança, colocando Maycon Douglas no lugar de Rodriguinho.

E, aos 28, Maycon Douglas passou com facilidade por Victor Luis e Kuscevi, entrou na área e tocou na saída de Jailson.

A vantagem da equipe baiana durou só quatro minutos. Novamente em cobrança de falta, Scarpa mandou na área, e Raphael Veiga completou para o gol.

O jogo ficou aberto e com chances para os dois lados. Breno Lopes e Raphael Veiga ameaçaram o gol de Matheus Teixeira, e Rossi acertou a trave pela segunda vez.

Nos acréscimos, Gustavo Scarpa recebeu de Raphael Veiga e deu assistência para Breno Lopes, que entrou na área fez o gol da vitória.

PALMEIRAS

Jailson; Marcos Rocha (Gabriel Menino), Luan, Kuscevic e Victor Luis; Danilo Barbosa (Zé Rafael), Danilo (Patrick de Paula) e Gustavo Scarpa; Rony (Deyverson), Breno Lopes e Luiz Adriano (Raphael Veiga). Técnico: Abel Ferreira.

BAHIA

Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Luiz Otávio, Juninho e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick de Lucca (Jonas), Daniel, Thaciano (Pablo), Rodriguinho (Maycon Douglas) e Rossi (Óscar Ruiz); Gilberto. Técnico: Dado Cavalcante.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 x 2 BAHIA

Local: Allianz Parque, em São Paulo

Hora: 20h (horário de Brasília)

Árbitro: Denis Ribeiro Serafim (AL)

Auxiliares: Esdras Mariano de Lima (AL) e Brígida Cirilo Ferreira (AL)

Cartões amarelos: Danilo (Palmeiras), Kuscevic (Palmeiras) e Breno Lopes (Palmeiras); Rossi (Bahia), Matheus Bahia (Bahia), Patrick de Lucca (Bahia) e Thaciano (Bahia)

Gols: Gustavo Scarpa (Palmeiras), aos 6 minutos do 1º tempo; Luiz Otávio (Bahia), aos 11 do 1º tempo; Maycon Douglas, aos 29 do 2º tempo; Veiga, aos 32 do 2º tempo; e Breno Lopes, aos 46 do 2º tempo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos