SBT se une a clubes e contra-ataca ao vivo 'emenda Globo' sobre Lei do Mandante

·2 minuto de leitura


Detentora dos direitos televisivos da Copa América - vencida pela Argentina - o SBT contra-atacou a estratégia tomada pela Globo em emplacar uma emenda que a favorece na Lei do Mandante. Momentos antes da bola rolar no Maracanã, o narrador Téo José leu um discurso apontando aspectos negativos do projeto. A informação é do 'Uol'.
+ Confira todos os resultados da Copa América

Com o mecanismo, a Globo tenta adiar consequências das novas regras sobre direitos de transmissão no futebol brasileiro. Segundo o projeto, os clubes sem contratos de TV são forçados a entrarem em negociação com a emissora carioca. Assim, as diretorias de equipes nacionais fazem pressão para que a 'emenda Globo' - como é chamada nos bastidores - não seja inserida na Lei do Mandante. O SBT reforçou essa luta na noite do último sábado.

A audiência gerada pela final da Copa América entre Brasil e Argentina - a maior da emissora de Silvio Santos no torneio e responsável por desbancar a Globo - era vista pela diretoria do SBT como caminho ideal para contragolpear a concorrente e seu mecanismo.

- Alerte seu deputado - disse Téo José.

Os clubes entendem que o projeto defendido pela Globo traria prejuízos financeiros. Contudo, a emissora pede que seja respeitada a exclusividade traçada nos contratos ainda em vigor. De quatro emendas apresentadas para a Lei do Mandante, duas favorecem a ideia da Globo.

O Cuiabá é um exemplo de equipe que sofreu com a emenda. Sem contratos televisivos após o acesso para a Série A, sua única alternativa para que não ficasse sem as receitas proporcionadas pela televisão foi fechar com a Globo, dona de direitos de outros clubes do Campeonato Brasileiro.

A emissora carioca ameaça entrar com medidas judiciais para inviabilizar transmissões e revisar orçamentos contratuais com as equipes.

- Novas legislações não modificam contratos já assinados, que são negócios jurídicos perfeitos, protegidos pela Constituição Federal; e não afetam as competições cujos direitos já foram cedidos pelos clubes, seja para as temporadas atuais ou futuras. De maneira que são corretas disposições do PL que confirmem essa previsão constitucional - alega a Globo.

Confira o discurso do SBT lido por Téo José:

- Você sabe o que é o Projeto de Lei do Futebol Livre? É um projeto de lei que vai garantir o direito do time de futebol que joga em casa ter liberdade para decidir qual emissora vai exibir a partida. A medida valerá para todos os contratos novos e garantirá maiores opções aos torcedores e vai acabar com os jogos sem transmissão. Na próxima terça-feira, a Câmara irá votar esse projeto de lei, mas há tentativa de incluir uma emenda que desfigura totalmente essa importante lei que beneficia clubes e torcedores. Alerte o seu deputado! Diga não à tentativa de incluir essa emenda e sim ao Projeto do Futebol Livre.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos