Savarino na Espanha? Dirigente do Atlético responde aos boatos

·1 minuto de leitura
Savarino não tomará a vacina da Covid-19 no Paraguai com restante do elenco do Atlético (Washington Alves/Getty Images)
Savarino não tomará a vacina da Covid-19 no Paraguai com restante do elenco do Atlético (Washington Alves/Getty Images)

O Atlético-MG terá uma delegação de 34 jogadores no Paraguai, apesar de só 23 poderem ser relacionados para o confronto com o Cerro Porteño, pela Libertadores. O inchaço do grupo tem um objetivo: vacinar os atletas contra a Covid-19 na sede da Conmebol. Mas Savarino, titular absoluto, ficou de fora do grupo, aumentando os rumores de que pode ir para a Espanha.

Recentemente, jornais na Venezuela revelaram que Málaga, Granada e Villarreal querem a contratação do meia-atacante.

Mas a ausência de Savarino na delegação não tem nada a ver com qualquer negociação. "Savarino e Bueno estão com problemas particulares, apenas isso", explica Rodrigo Caetano, diretor-executivo do Atlético-MG. 

Além da questão familiar, Savarino ainda ficou de fora da viagem por causa de um desgaste físico, que o colocaria em risco de lesão. Ai você pode estar se perguntando: mas e a vacina? O venezuelano será o único sem o imunizante?

"Ele terá a vacina pela seleção da Venezuela durante a Copa América", acrescenta Caetano, lembrando que Savarino foi convocado e disputará a competição continental - todos os atletas que participarem da Copa América serão vacinados pela Conmebol. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos