Sauber acerta com a Honda como fornecedora de motores para 2018

Neste domingo, a Sauber confirmou a Honda como nova fornecedora de motores para a temporada de 2018 da Fórmula 1. O acordo já era especulado e, com isso, a equipe encerra o contrato com a Ferrari, responsável pelas unidades de potência do time há anos.

O anúncio foi feito pela Sauber antes da início do Grande Prêmio da Rússia. De acordo com o anúncio, o contrato com a Honda será válido a partir da temporada de 2018. Com isso, a fornecedora japonesa passa a ter dois times na F1, já que também atende a McLaren.

Após voltar à categoria em 2015, a Honda fechou com a McLaren, que queria exclusividade com os japoneses. Porém, com a mudança de regulamento, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) fez que com as fornecedoras com menos equipes pudessem negociar com times que precisassem de motores, o que é o caso da Sauber.

A Sauber, que busca se reestruturar e se consolidar de vez na categoria, não vem tendo o rendimento esperado, além de usar as unidades de potência da Ferrari do ano passado. Com a Honda, o time receberia motores mais atuais. Quem exaltou o acordo foi a chefe da escuderia, Monisha Kaltenborn.

“É uma grande honra para a Sauber ser capaz de trabalhar em conjunto com a Honda. Estamos muito ansiosos para a nossa parceria com a fornecedora, que define o caminho para um futuro bem sucedido – a partir de uma perspectiva estratégica, bem como de uma perspectiva tecnológica. Agradecemos a Honda por ter feito esta grande parceria”, disse Monisha.