Sarah faz deboche ao falar de pandemia: "Não peguei Covid porque Deus me ama"

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura

Sarah Andrade chocou o público que acompanhou a festa do líder Fiuk na madrugada desta quinta-feira (18). Em conversa com Arthur e outros participantes, a consultora de marketing admitiu que não respeitou a quarentena. Segundo ela, o assunto foi abordado por Boninho na seletiva do 'BBB 21'.

"Ele (Boninho) perguntou para mim: ‘A pandemia não existe para você? Ninguém tá morrendo para você?’. E eu falei: 'Oxe, não tô sentindo nada", disse, em tom debochado.

A loira ainda acrescentou que mandou vídeos na farra e até caindo bêbada para chamar atenção do diretor da Globo. Antes da cadeira elétrica, inclusive, Sarah foi parar no hospital por causa de uma queda em uma festa.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Leia também

Arthur afirmou que o período é difícil e por isso agiu de maneira diferente. "Quando eles (produção) falaram desse assunto comigo, eu realmente segurei muito a onda. Eu só ia na casa de aluno meu, que eu estava convivendo no dia a dia", garantiu o educador físico.

Depois disso, Sarah emendou mais uma frase polêmica: "Posso falar? Não peguei Covid porque Deus me ama", brincou. "Papai do céu abençoou muito. Eu tive uma vez", completou Arthur, que durante o processo de seleção teve sintomas de Covid-19 duas vezes.

A fala de Sarah repercutiu nas redes sociais. Muitas pessoas se espantaram com o deboche da sister ao falar sobre um assunto tão sério. Após uma pesquisa nas redes sociais de amigos dela, internautas encontraram fotos da loira em festas e aglomerações na praia.

Vale lembrar que o Brasil enfrenta o seu pior momento desde o início da pandemia. Muitos hospitais estão lotados e especialistas garantem que o lockdown é a única saída. Personalidades da mídia têm um papel fundamental ao incentivar o público a ficar em casa.

No Twitter, a equipe de Sarah se pronunciou após o ocorrido: "Gostaríamos de frisar que discordamos de qualquer posicionamento que desrespeite a pandemia ou o isolamento social - independente da época, flexibilização dos decretos ou qualquer circunstância. Pedimos desculpas e reforçamos nossa solidariedade a todas as vítimas e famílias atingidas neste momento tão triste".

Esta não é a primeira polêmica de Sarah dentro do reality da Globo. A loira também causou ao defender o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) há algumas semanas.

Tudo começou com uma especulação sobre o que poderia ter acontecido no país durante o confinamento. O impeachment do presidente foi sugerido, mas Sarah não concordou: "Impeachment de algum presidente, de algum país? Não do nosso, eu gosto dele!", disse.