São Paulo também faz contato por Diego Costa

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Fora do Atlético de Madrid, Diego Costa tem reunião marcada nesta quinta com seus empresários em São Paulo (Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images)
Fora do Atlético de Madrid, Diego Costa tem reunião marcada nesta quinta com seus empresários em São Paulo (Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images)

Depois de Atlético-MG e Palmeiras, foi a vez de o São Paulo iniciar conversas com o staff de Diego Costa, centroavante brasileiro livre no mercado desde a virada do ano, após rescindir contrato com o Atlético de Madrid. O Blog apurou que o Tricolor sondou a situação de Diego Costa por meio de Giuliano Bertolucci, tido no mercado como o maior agente de futebol do país.

O nome de Diego Costa agrada a todos no Morumbi, incluindo presidente, diretoria e membros da comissão técnica. O grande problema é financeiro: o ex-jogador da seleção espanhola quer 4 milhões de euros ou quase R$ 26 milhões entre salários e luvas por temporada. Isso equivale a R$ 2,1 milhões mensais.

Leia também:

Não existe a menor possibilidade de o Tricolor pagar tanto. Daniel Alves, cuja conta já não fecha há meses, ganha R$ 1,5 milhão e deve ser liberado em breve, caso surjam clubes europeus interessados em sua contratação.

A esperança são-paulina é de que Diego Costa abaixe sua pedida com o passar dos dias, ao perceber que as opções de mercado estão se restringindo. Neste momento, além do Brasil, ele só pode jogar na China e nos Estados Unidos.

Nesta quinta-feira, o goleador viajará a São Paulo para um encontro com seus representantes. A ideia é estudar as alternativas que existem no momento, depois do fechamento das janelas nos principais centros, como Inglaterra, Espanha, Alemanha, França, Portugal...