São Paulo revela que Arboleda quase foi para o Arsenal

Yahoo Esportes
São Paulo tem 80% dos direitos econômicos de Arboleda (Fernando Dantas/Gazeta Press)
São Paulo tem 80% dos direitos econômicos de Arboleda (Fernando Dantas/Gazeta Press)

Bateu na trave. Pelo menos é desta maneira que o São Paulo viu a possibilidade de negociar o zagueiro Arboleda com o Arsenal, da Inglaterra. “Fomos procurados pelo Arsenal três dias antes do fim da janela de transferências na Inglaterra”, explicou uma fonte tricolor ao Blog.

O São Paulo sabia desde o começo que Arboleda era o plano B de Edu Gaspar, novo diretor esportivo dos Gunners. A prioridade era o brasileiro David Luiz. Mas, como o martelo entre Arsenal e Chelsea só foi batido no último dia permitido pela Premier League, houve tempo para que Tricolor e Arsenal discutissem até valores pelo equatoriano.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

A ideia do time inglês era ficar com Arboleda por empréstimo na primeira temporada, com a obrigação de compra do defensor no fim do período. A explicação dada ao Tricolor foi de que o Arsenal não poderia comprar o equatoriano agora por causa do fair play financeiro.

No fim das contas, David Luiz acabou sendo adquirido pelos Gunners, impedindo a transferência de Arboleda, que segue à venda. O Tricolor precisa negociar seu zagueiro por causa dos enormes problemas com o fluxo de caixa. Vale lembrar que a permanência de David Neres no Ajax detonou o planejamento financeiro são-paulino, que contava em faturar R$ 50 milhões por seus 23%.

Ainda não existem propostas novas por Arboleda e as janelas nos principais campeonatos da Europa terminam entre 31 de agosto e 2 de setembro.

Aplaudido no fim: Um dos responsáveis por tocar todas as negociações do São Paulo, Alexandre Pássaro foi sabatinado nesta quarta-feira em reunião do Conselho Deliberativo. Foi a primeira aparição do dirigente no CD. Depois de ser perguntado sobre uma série de coisas, e pressionado por outras, Pássaro deixou o salão nobre aplaudido.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes |

Leia também