Contando vitórias - São Paulo 2 x 0 Rentistas

Mauro Beting
·2 minuto de leitura
Igor Gomes e a justa vitória do São Paulo FOTO Sebastiao Moreira-Pool/Getty Images

São 8 vitórias seguidas (em busca do recorde de 12 que desde 2012 não consegue). São 5 jogos sem sofrer gols (o que não acontecia com o São Paulo desde 2007). É um dos 4 melhores inícios de trabalho de um técnico desde 1930. E com jogos sobre partidas. Algumas com reservas. Quase todas com excesso de partidas comprimidas.

O São Paulo está melhor do que a encomenda e não se pode cobrar nada além dos ótimos resultados. Mas o 2 a 0 contra o frágil Rentistas (que ganhou 2 e perdeu 13 dos 21 jogos em 2021) foi abaixo do esperado, também pela atuação tricolor. 

Leia também:

Foram apenas seis oportunidades criadas, e (muitas) duas concedidas para o rival frágil, e ainda com um jogador a menos desde os 5 da segunda etapa - quando o Tricolor já vencia por 1 a 0, no golaço de Pablo no primeiro tempo, depois de bela ação de Daniel Alves com Luciano. A única jogada típica desse São Paulo usualmente intenso, dinâmico, rápido e ofensivo no 3-4-1-2 bem proposto e entendido por Crespo.

Mas era o caso de manter a linha de três defensiva com um jogador a mais contra apenas 10 uruguaios no 4-4-1? Para que três na zaga contra apenas um atacante que mal atacava pelo Rentistas?

Entendo o excesso de jogos que faz com que se use mais a cabeça. O Majestoso logo no domingo em Itaquera. O entendimento e entrosamento que chegam com a prática. Mas era necessário alargar o campo, ampliar o resultado, e ter mais saldo para ser não só o líder do grupo (como será), mas também ser o líder no geral (como tem boas chances de ser). Sem o suspenso Leo para voltar a ser lateral e espetar Reinaldo ainda mais à frente com a superioridade numérica, com três zagueiros de ofício em campo, Crespo poderia ter colocado mais um construtor de jogadas para dar mais ritmo e criatividade com um a mais.

Não quis. Não deu. E mesmo assim ampliou no final, com mais um golaço de pênalti de Reinaldo. 

Sim É possível marcar um golaço de pênalti. Como era possível jogar mais ofensivamente com 11 x 10.

O QUE NÃO SIGNIFICA DIZER QUE SISTEMA COM TRÊS NA ZAGA É "DEFENSIVO". É APENAS PARA REITERAR QUE 11 X 10 limitados rivais PEDIA UM POUCO MAIS DE OUSADIA.

SÓ ISSO.

APRENDI desde os anos 1990 que, no mais das vezes, esquema com três atrás é ofensivo, não defensivo. 

E QUE TODO SISTEMA TÁTICO SE BASEIA MAIS NOS NOMES DO QUE NOS NÚMEROS.

(Perdão por escrever em Caps Lock. Mas tem gente que só pensa assim. Ou não ouve. Ou escuta com o fígado).

No frigir das bolas, vitória mais que justa. E o São Paulo no caminho mais do que certo.