Coronavírus: Governo de São Paulo prorroga quarentena até dia 31 de maio

Yahoo Notícias
Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images
Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images

O governo de São Paulo decidiu estender o período de quarentena no estado até o dia 31 de maio, devido à pandemia do novo coronavírus. O anúncio da prorrogação foi feito pelo governador João Doria (PSDB) na coletiva de imprensa desta sexta-feira (08), no Palácio dos Bandeirantes.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Essa foi a terceira vez que Doria aumenta o prazo do isolamento social, que se encerraria neste domingo (10). A medida é confirmada depois do estado e a capital registrarem queda no índice de isolamento social, medida tida como uma das únicas eficientes para frear o avanço da contaminação do novo coronavírus.

Leia também

"Teremos que prorrogar a quarentena até o dia 31 de maio. Queremos, sim, em breve juntos poder anunciar a retomada gradual da economia como, aliás, está previsto no Plano São Paulo. A experiência de outros países, e nós temos utilizado essas experiências aqui, mostra claramente o colapso da saúde e, quando isso acontece, paralisa tudo", disse Doria.

O governador pediu respeito às medidas de isolamento e afirmou que a quarentena está salvando vidas em São Paulo.

“Adotar a quarentena como fizemos em São Paulo não é uma tarefa fácil. Nenhum ser humano tem prazer em dar más notícias, mas não se trata de ter ou não esse sentimento. Trata-se de proteger vidas, no momento mais crítico da história desse país”, afirmou o tucano.

A gestão Doria esperava anunciar uma flexibilização da quarentena em todo o estado a partir do próxima semana, com base em um plano de retomada das atividades, porém essa medida teve que ser revista diante do aumento de casos e mortes confirmadas no interior e no litoral.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Doria lamentou o desrespeito à quarentena em São Paulo e no país inteiro. “Estamos todos atravessando o pior momento dessa pandemia. Só não reconhece e identifica aqueles que estão cegos pelo ódio ou pela ambição pessoal”, avaliou o governador.

Um levantamento divulgado pelo governo estadual apontou que, nos últimos dias, o registro de novos casos tem aumentado quatro vezes mais em cidades do interior e do litoral em comparação com o comportamento da curva da Grande São Paulo, epicentro da epidemia no estado. Segundo a gestão Doria, no mês de abril, o número de diagnósticos por coronavírus subiu 3.302% no interior – saltou de 129 para 4.300, até o dia 30 de abril.

“Quem se proteger e ajudar a proteger outras pessoas, está amando a vida e dedicando sua vida à existência. Vamos utilizar as experiências práticas: as boas e também as más de outros países, para que possamos seguir o que é certo e o que vai salvar vidas".

Até o momento, São Paulo registra 3.045 óbitos, além de 37.853 casos de Covid-19. Até por isso, o prefeito Bruno Covas (PSDB) decretou um rodízio mais amplo na capital paulista a partir desta segunda-feira (11).

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também