São Paulo projeta maior bilheteria da história contra o Corinthians

Yahoo Esportes
Cerca de 30 mil são-paulinos já haviam ido a um treino do time antes da semifinal do Paulistão contra o Palmeiras (Marcello Fim/Gazeta Press)
Cerca de 30 mil são-paulinos já haviam ido a um treino do time antes da semifinal do Paulistão contra o Palmeiras (Marcello Fim/Gazeta Press)

Aproximadamente R$ 8 milhões. É essa a receita bruta que a diretoria do São Paulo espera alcançar com a primeira partida final do Paulistão, marcada para domingo, no Morumbi, contra o Corinthians. Se o número se confirmar, o Tricolor atingirá a maior bilheteria de sua história em um jogo dentro de casa.

Os R$ 8 milhões só ficariam atrás de um confronto da seleção brasileira contra a Sérvia, às vésperas da estreia na Copa do Mundo de 2014. Na oportunidade, diante de 63.280 pagantes, foi registrada uma arrecadação bruta de quase R$ 8,7 milhões.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A projeção tricolor para domingo está muito associada à enorme expectativa do torcedor em acabar com o jejum de títulos. O último ocorreu em 2012, na final da Sul-Americana contra o Tigre que terminou no intervalo, depois que os argentinos se recusaram a jogar o segundo tempo.

Os ingressos começaram a ser vendidos nesta terça-feira e os sócios-torcedores terão exclusividade na aquisição até quinta-feira. A carga total à disposição para o dérbi é de quase 64 mil. E os valores subiram: a arquibancada mais barata sai por R$ 100. Já uma cativa custa R$ 120. Tem entrada de até R$ 440.

Dos R$ 8 milhões sonhados pelo Tricolor, pelo menos R$ 6 milhões seriam líquidos, de acordo com cálculos do próprio clube. Só a título de comparação, o São Paulo só faturou R$ 2,2 milhões nos oito jogos como mandante do estadual, incluindo os duelos diante de Ituano e Palmeiras, no mata-mata.

Pior: o São Paulo chegou a ter prejuízo em uma das partidas da fase de grupos. Diante da Ferroviária, 9.985 torcedores assistiram ao empate em 1 a 1. Porém, a receita com bilheteria não foi suficiente para cobrir as despesas e o Tricolor precisou tirar R$ 11 mil dos cofres para não repassar o déficit.

Vale lembrar que o São Paulo já recebeu R$ 24 milhões como cota de participação do Paulistão e ainda terá direito a outros R$ 5 milhões se conquistar o título estadual - a FPF (Federação Paulista de Futebol) premiará o campeão com tal valor, enquanto o vice fica com pouco mais de R$ 1,6 milhão.

RENDA LÍQUIDA DO SP NOS JOGOS EM CASA NO PAULISTÃO:

  • São Paulo 4 x 1 Mirassol: R$ 286 mil

  • São Paulo 0 x 1 Guarani: R$ 6 mil

  • São Paulo 1 x 0 São Bento: R$ 17 mil

  • São Paulo 0 x 0 Red Bull: R$ 36 mil

  • São Paulo 1 x 1 Ferroviária: R$ -11 mil

  • São Paulo 0 x 1 Palmeiras: R$ 297 mil

  • São Paulo 2 x 1 Ituano: R$ 249 mil

  • São Paulo 0 x 0 Palmeiras: R$ 1,3 milhão

Leia mais no blog do Jorge Nicola

Mais no Yahoo Esportes:

Leia também