São Paulo negocia máster com 3 empresas; confira os nomes

·1 minuto de leitura
Benítez é apresentado em camisa sem patrocinador máster (Rubens Chiri/São Paulo)
Benítez é apresentado em camisa sem patrocinador máster (Rubens Chiri/São Paulo)

Lá se vão mais de três meses de tentativas por um patrocínio máster para o São Paulo. Algumas dezenas de empresas já conversaram com o presidente Julio Casares e o diretor de marketing, Eduardo Toni. Neste momento, os contatos mais quentes são com Amazon, LG e Betano.

As duas primeiras, inclusive, já garantiram algum dinheiro ao Tricolor recentemente. A LG pagou R$ 1 milhão pelo patrocínio pontual na final do Paulistão, vencida contra o Palmeiras.

Leia também:

Já a Amazon desembolsou R$ 1,5 milhão por três jogos: um já realizado, o último da fase de grupos, e outros dois das oitavas de final da Libertadores, contra o Racing, em 13 e 20 de julho.

A grande novidade na relação é a Betano, uma das casas de apostas mais respeitadas do mercado. Recentemente, a empresa se tornou patrocinadora máster de Atlético-MG e Fluminense. Antes, já havia fechado acordo com Braga, Marítimo, Olympiacos, Paok, entre outros.

"Ainda não estamos perto de fechar com nenhuma das três. Mas existem conversas", revela uma fonte do Blog. O São Paulo tem pressa, mas faz questão de alcançar pelo menos R$ 16 milhões por um contrato de uma temporada - o Banco Inter, antigo parceiro, bancava R$ 12 milhões por ano. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos