São Paulo dá prazo ao River Plate e ameaça ir à Fifa

Yahoo Esportes
Pratto foi campeão da Libertadores com o River em 2018 (Rodrigo Ziebell/Gazeta Press)
Pratto foi campeão da Libertadores com o River em 2018 (Rodrigo Ziebell/Gazeta Press)

O São Paulo vai recorrer à Fifa se o River Plate não fizer, até a semana que vem, o pagamento de uma parcela atrasada pela compra de Lucas Pratto. A pendência dos argentinos é de 1 milhão de euros ou R$ 4,4 milhões e venceu em 31 de janeiro.

Desde então, o Tricolor cobra o valor do River Plate e escuta que há um problema com o fluxo de caixa do clube de Nuñez. No início desta semana, cansado de esperar, o São Paulo deu um prazo de dez dias para o pagamento.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Se não funcionar, o presidente Leco levará o caso à Fifa, que costuma aplicar penas pesadas aos devedores. Entre elas, estão a perda de pontos, o rebaixamento nos torneios nacionais e até a proibição da participação em competições internacionais.

Pratto havia sido vendido pelo São Paulo ao River Plate em janeiro do ano passado por 11,5 milhões de euros. Dono da maior parte dos direitos econômicos do centroavante, o Tricolor teve direito a 8,5 milhões de euros. Porém, a maior parte será paga de maneira parcelada.

Mais no Yahoo Esportes:

Leia também