São Paulo cogita processo a Dani Alves e quebra do contrato de R$ 28mi

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Daniel Alves tem 11 jogos e um gol desde que se mudou para o Barcelona (Joan Valls/Getty Images) (NurPhoto via Getty Images)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Só depende do departamento jurídico. Se houver a aprovação, o São Paulo entrará na Justiça contra Daniel Alves, com o objetivo de rescindir o contrato entre as partes, com valores superiores a R$ 28 milhões. O motivo: as declarações fortes do lateral contra o Tricolor.

Vale lembrar que o acordo assinado por São Paulo e Daniel Alves, firmado quando da saída do jogador, tinha uma cláusula proibindo críticas entre as partes. O Tricolor começou a pagar as parcelas de R$ 472 mil pelos próximos cinco anos em janeiro.

Leia também:

Curiosidade: o São Paulo banca quase sete vezes o salário de Daniel Alves no Barcelona. Para fechar com o time espanhol, ele precisou aceitar o menor salário permitido por La Liga, na casa dos R$ 66 mil mensais.

O fato de o São Paulo estar rigorosamente em dia com as quatro primeiras prestações - que totalizam quase R$ 2 milhões - irritou ainda mais a cúpula são-paulina diante das críticas de Daniel Alves.

Na semana passada, em entrevista ao canal da Fifa, o lateral foi extremamente grosseiro com seu ex-clube. “Tomei a decisão de ir para o São Paulo pra realizar um sonho e, pensando que poderíamos construir alguma coisa juntos. Mas começou a falhar a estratégia. Cheguei no meu limite. Quando você começa a viver lindos momentos, em lugares diferentes, compara uma coisa boa e uma coisa ruim. Aí você fala: 'Cara, a abelha não tem tempo de ensinar a mosca que mel é melhor do que merda'”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos