Santos volta a sofrer com bola aérea e Holan desabafa: "Está sendo difícil"

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


Mais uma vez, o Santos voltou a sofrer com a bola aérea defensiva. No empate em 1 a 1 diante do Deportivo Lara, o gol dos venezuelanos nasceu de uma bola cruzada na área. No primeiro jogo do confronto, o Lara também tinha marcado gol dessa forma.

> Confira a tabela atualizada do Campeonato Paulista

Problema crônico do Santos na temporada passada, a bola aérea segue sendo o ponto fraco da defesa. São dez gols sofridos até agora, metade deles originados em bolas aéreas. Ariel Holan falou sobre o problema

- Está sendo difícil, é um assunto pendente a melhorar. Estão fazendo os gols na gente por essa via - afirmou o técnico.

O Santos voltou para o Brasil já na madrugada depois da partida, mas ainda não sabe quando voltará a disputar um jogo. O próximo desafio seria no sábado, contra a Ponte Preta, mas o governo do Estado proibiu o futebol até o final do mês. A Federação ainda busca alternativas e pode até entrar na justiça.