Santos visita o Fluminense com seis novidades importantes

Fábio Lázaro
·3 minuto de leitura


O Santos viajou ao Rio de Janeiro para enfrentar o Fluminense, neste domingo (25), às 16h, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio do Maracanã, com algumas novidades entre atletas que retornam a compor a delegação do clube e um jogador relacionado pela primeira vez.

O zagueiro Lucas Veríssimo e o atacante Marinho, que ficaram de fora das últimas três partidas do Peixe, por sofrerem problemas físicos, acompanharam o grupo a Cidade Maravilhosa, assim com o volante e capitão Alison, que desfalcava o Alvinegro desde o dia 04 de outubro, na vitória por 3 a 2 diante do Goiás, no estádio da Serrinha, em Goiânia, pela 13ª rodada do Brasileirão, totalizando cinco jogos como desfalque.

O lateral-direito Madson, que ficou de fora do último jogo, no qual o Santos venceu o Defensa y Justicia (ARG) por 2 a 1, na última terça-feira (20), na Vila Belmiro, pela última rodada da fase de grupos da Conembol Libertadores, por conta de uma amigdalite, retorna contra o Flu, tendo tudo para ser titular, já que Pará, com uma lesão muscular no adutor da coxa esquerda, ficará de fora do compromisso pelo Brasileirão, bem como Laércio, que por não estar inscrito na competição continental, ficou de fora do duelo do último meio de semana e voltará a ficar à disposição neste domingo (25).

No entanto, a cara realmente nova é o atacante Ângelo Gabriel, de 15 anos 10 meses e quatro dias, promovido ao elenco principal nesta semana. O atleta, que fará 16 anos no dia 21 de dezembro assinou pré-contrato com o Santos na última sexta-feira (23) e postou em suas redes sociais na tarde deste sábado (24) uma foto pousando na capital carioca.

Caso entre em campo contra o Flu, Ângelo poderá ultrapassar Pelé como o segundo jogador mais novo que vestiu a camisa santista profissionalmente, ficando atrás apenas de Coutinho, que estreou pelo Alvinegro com 14 anos 11 meses e seis dias. Já o Rei do Futebol, que completou 80 anos no dia em que o novo prata da casa santista assinou o seu vínculo, fez a sua primeira partida como profissional pelo Santos com 15 anos, 10 meses e 15 dias, 11 mais velho em relação a Gabriel.

Desfalques

Ainda que tenha reduzido o seu Departamento Médico, com o retorno de Madson, Veríssimo, Alison e Marinho, e tendo apenas o ingresso de Pará, o setor clínico santista segue recheado, já que conta com o goleiro Vladimir, que se recupera de cirurgia no dedo mínimo do pé direito, o meia Carlos Sánchez, que há uma semana passou por cirurgia ligamentar no joelho esquerdo, e os atacantse Renyer, que finaliza a sua transição ao campo, após romper o ligamento do joelho direito em março, enquanto participava de uma temporada de treinamentos com a Seleção Brasileira Sub-17, em itu, e Raniel, que se recupera de uma trombosa venosa na perna.

Kaio Jorge, entregue ao sub-20 brasileiro, será mais um desfalque santista diante do Fluminense.