Santos vence a Portuguesa Santista na estreia no Paulista Sub-20

Jogadores do Santos comemoram gol na vitória sobre a Briosa (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos)


O Santos venceu a Portuguesa Santista fora de casa pelo placar de 2 a 0 na rodada inaugural do Campeonato Paulista Sub-20 de 2022. No Estádio Ulrico Mursa, em Santos (SP), os gols santistas da tarde desta quarta-feira (4) foram marcados por Pedrinho (de pênalti) e Nykão.

Com o resultado, a equipe santista soma os primeiros três pontos no grupo 12, que além da Portuguesa Santista conta com Jabaquara, Mauá, Mauaense e Água Santa.

Pela segunda rodada do Paulistão Sub-20, os Meninos da Vila recebem o Mauá no CT Rei Pelé, em Santos (SP). O confronto está marcado para as 15 horas do próximo domingo (8) e terá transmissão ao vivo da FPF TV (Eleven).

O jogo

Aos quatro minutos, os Meninos da Vila chegaram com perigo pela primeira vez ao ataque. Do campo de defesa, Derick lançou Fernandinho pela ponta esquerda e o camisa 11 levou a bola até a linha de fundo. Ao chegar lá, cruzou para a área na direção de Victor Michell, que subiu para cabecear. Pressionado pela marcação, o camisa 9 santista até tocou a bola, mas não conseguiu concluir em gol. Na sobra, ela ficou nas mãos do goleiro, Ygor.

Com 15 minutos, Após bola cruzada por Fernandinho para a grande área, Ivonei desviou para Renyer, que chegava pelo segundo pau. Dentro da grande área, o camisa 7 dominou e tentou finalizar com força, mas parou em defesa segura do goleiro adversário.

Mais tarde, quando a primeira etapa já tinha 36 minutos jogados, Pedrinho tabelou com Renyer pela esquerda do campo de ataque para chegar até a linha de fundo. Da lateral da área, o camisa 3 cruzou para Ivonei, que escorou de cabeça por cima do travessão, levando perigo ao gol da Portuguesa.

No minuto seguinte, Renyer recebeu na intermediária, pelo lado esquerdo do ataque e, mesmo de longe, arriscou finalização com força. A bola acabou subindo muito e saiu pela linha de fundo, em tiro de meta

Em seguida, após nova tabela entre Renyer e Pedrinho, o camisa 3 tentou novo cruzamento para a grande área, desta vez à meia altura. A bola chegou na pequena área a Victor Michell, livre para concluir em gol. De primeira, o camisa 9 finalizou como deu e mandou a bola por cima da meta. O árbitro assistente, no entanto, já assinalava posição irregular do centroavante santista.

Já na segunda etapa, o Peixe chegou com perigo ao ataque com apenas dois minutos. Renyer recebeu lançamento pelo alto de Pedrinho. Entrando na área, o camisa 7 dominou e tentou finalizar no contrapé do goleiro. Sem muita força, a bola parou em defesa segura do arqueiro rival.

Logo depois, o Peixe chegou novamente ao ataque com cruzamento de Pedrinho para a grande área. A bola levantada foi afastada pela defesa, mas parou nos pés de Fernandinho, que finalizou à esquerda da meta, acertando a rede pelo lado de fora.

Com 19 minutos, Weslley Patati recebeu a bola pela esquerda do ataque, invadiu a área fintando seus marcadores e foi derrubado. Assim, o árbitro Rogério Adalberto da Silva apontou penalidade máxima para o Santos FC. Pedrinho foi para a cobrança colocou a bola com firmeza no canto inferior direito, deslocando o goleiro adversário, que caiu para o outro lado.

O Peixe ampliou a vantagem no placar aos 32 minutos, com gol de Nykão, que tinha acabado de entrar durante a segunda etapa. O camisa 19 recebeu lançamento pela esquerda do campo de ataque, fintou seu marcador, invadiu a área e bateu cruzado com muita força para colocar a bola no fundo das redes do canto direito.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA SANTISTA 0 x 2 SANTOS FC


Local: Estádio Ulrico Mursa, em Santos (SP)
Data: quarta-feira, 4 de maio de 2022
Horário: 15h
Árbitro: Rogério Adalberto da Silva
Assistentes: Luiz Henrique Rodrigues Pimentel e Rodrigo de Oliveira Silva
Cartão Amarelo: (SFC) Renyer; (AAP) Leandro Tavares
Gols: (SFC) Pedrinho (de pênalti), aos 21′ E Nykão, aos 32′ do 2ºT

Santos FC: Edu Araujo; Andrey (Cadu), Derick, Jair (Zabala) e Pedrinho (Diogo Correia); Rafael Moreira (Matheus Nunes), Ivonei (Zé Rafael) e Balão; Fernandinho, Renyer (Nykão) e Victor Michell (Weslley Patati). Técnico: Orlando Ribeiro

Portuguesa Santista: Ygor Oliveira; Davi Nunes (Jefferson Bispo), Guilherme Prates, Anílton Lucas e Carlos Gabriel; Vinícius de Oliveira; Yan Lucas (João Vitor Miranda) e Pedro Torres (Victor Lucas); Sabino (José Kleber), Gustavo Wedrel (Gabriel Ambrosio) e Matheus Jesus (Leandro Tavares). Técnico: Emerson Ballio

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos