Santos vence o EC São Bernardo e avança para terceira fase da Copinha

Ivonei já teve passagens pelo profissional, mas se despediu de vez do Sub-20 após a eliminação do Peixe na Copinha (Divulgação/Santos)


O Santos venceu o EC São Bernardo por 2 a 1 e avançou de fase na Copa São Paulo de Futebol Junior. No Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP), os gols do Peixe na tarde desta sexta-feira (13) foram marcados por Kevyson e pelo artilheiro Deivid.

Agora, o Santos terá pela frente o Bahia, que eliminou o Santo André com vitória de virada por 2 a 1. A partida, que será disputada em Santo André, está marcada para o domingo (15) e ainda terá seu horário confirmado pela FPF.

O jogo

Aos onze minutos, foi o Santos que abriu o placar no Estádio Bruno José Daniel. Paulo César recebeu a bola pela esquerda do ataque e acionou Kevyson, que invadiu a área com passe entre os zagueiros. Na batida cruzada com muita força, o lateral esquerdo superou o goleiro Gabriel Cosme, que não foi capaz de fazer a defesa.

Sete minutos depois, o Peixe já ampliou sua vantagem para 2 a 0 com Deivid. Após belo lançamento de Zabala para o campo ofensivo, o camisa 9 santista aproveitou confusão da defesa adversária, ganhou a posse da bola e, de primeira, com toque muito inteligente, concluiu de fora da área para as redes do gol vazio.

Aos 23 minutos, o Peixe chegou com perigo em finalização do camisa 23, Weslley Patati. Cadu cobrou lateral para a área e acionou Deivid. Com toque para trás, ele deixou a bola para Patati chegar chutando em gol. Com muita força, o atacante pegou a bola no ar, mas mandou por cima da meta.

Três minutos depois, Ivonei recebeu a bola pela esquerda da entrada da área e foi fintando seus marcadores até ficar em condições de finalizar. Na batida colocada, ele parou em defesa de Gabriel Cosme. No rebote, Paulo César tentou completar de cabeça para o gol, mas mandou pra fora.

Com 32 minutos jogados, Patati recebeu a bola pela lateral direita do ataque e partiu para cima da marcação pelo meio. Com a bola nos pés, o camisa 23 atravessou o campo até chegar à entrada da área para finalizar. A finalização rasteira, no entanto, saiu à direita da meta.

Já na segunda etapa, a primeira boa chegada do Peixe ao ataque aconteceu aos oito minutos. Deivid roubou a bola pela esquerda do campo ofensivo, tabelou com Paulo César e, ao receber a devolução, se posicionou para bater em gol. O camisa 9 não pegou em cheio na bola e parou em defesa segura do goleiro adversário, no canto inferior direito.

Aos 14 minutos, Kevyson recebeu pela esquerda do ataque, ajeitou e arriscou chute com força. A bola passou à esquerda do gol, próxima da trave. Três minutos depois, Deivid roubou a bola na linha de meio de campo e partiu em arrancada na direção do gol, deixando todos os marcadores para trás. Na entrada da área, ele ficou cara a cara com Gabriel Cosme, mas finalizou para fora, mandando a bola a poucos centímetros do poste direito.

E no minuto seguinte, o São Bernardo diminuiu a desvantagem no marcador. João Guilherme aproveitou rebote do goleiro santista após finalização de fora da área e concluiu para o fundo das redes. Mas a reação do adversário parou por aí. Com a vitória, o Peixe conquistou a classificação para a terceira fase da Copinha.

FICHA TÉCNICA

SANTOS FC 2 X 1 EC SÃO BERNARDO

Local: Estádio Municipal Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Data: sexta-feira, 13 de janeiro de 2023
Horário: 15h

Árbitro: Márcio Mattos dos Santos
Assistentes: Ricardo Luis Buzzi e Diogo Cruz Freire

Cartão Amarelo: (SFC) Rafael Moreira e Hyan; (ECSB) Fabrício e Gustavo Santana
Gols: (SFC) Kevyson aos 11′ e Deivid aos 18′ do 1ºT; (ECSB) João Guilherme aos 17′ do 2ºT

Santos FC: Edu Araújo; Cadu, André Klaus (Diogo Correia), Zabala e Kevyson; Rafael Moreira (Hyan), Balão e Ivonei (Matheus Nunes); Weslley Patati (Fernandinho), Paulo César (Souza) e Deivid (Gabriel Miranda). Técnico: Orlando Ribeiro

EC São Bernardo: Gabriel Cosme; Riquelme, Luiz Felipe, Wesley Brito (Antônio) e Fabrício (Paulo Henrique); Vinicius Fialho (Kawann), Pedro Tecolo (Gustavo Santana) e Mateus Pereira; Lucas Santos (Fabinho), João Guilherme (Kaique Kainã) e Victor Hugo. Técnico: Fred Freitas