Santos derrota o Bahia por 3 a 1 e encerra o primeiro turno no G6

Gabriela Brino
·3 minuto de leitura


O Santos venceu o Bahia por 3 a 1 na noite deste domingo, na Vila Belmiro, pela 19º rodada, a última rodada do primeiro turno. Madson, Jobson e Marinho marcaram para o Peixe, enquanto Daniel fez o único do time baiano.

Com o resultado, o time do técnico Cuca termina o primeiro turno no G6, em sexto lugar, com 30 pontos. Já o de Mano permanece em 15º, com 19 pontos.

Mas já?

O relógio nem havia completado dez minutos, mas o Santos já havia aberto o placar. O time de Cuca entrou ligado e, com a ajuda das balançadas de Soteldo, que cruzou na medida para Madson, o Peixe marcou.

Com a vantagem de estar em casa, minutos mais tarde veio outro, desta vez de Marinho. Lucas Veríssimo quebrou a marcação com um passe de classe com o calcanhar, Jobson deu assistência.

Alegria durou pouco

Apesar do bom momento do Santos, o time baiano não desanimou e seguiu em busca do gol. E ele veio em uma falha de marcação de Jobson, seguida por outra geral da zaga. Daniel, com facilidade, empurrou para os fundos da rede e deixou João Paulo no chão.

Enganou

Não satisfeito com o segundo gol, o time de Cuca seguiu avançando para concretizar a vitória parcial no primeiro tempo. Em bola parada, uma provável jogada ensaiada muito inteligente: Marinho e Jobson foram para a bola. O capitão até ameaçou, mas foi o volante que bateu e marcou em uma falha bizarra de Douglas.

Marinho é o principal jogador a cobrar faltas e escanteios, e acabou confundindo o adversário ao ajeitar para Jobson.

Chances desperdiçadas

Na segunda etapa, o Santos diminui o ritmo e o Bahia passou a ficar mais com a bola. E também mais perigoso. Foram algumas chances que tiveram de mudar o placar, mas todas desperdiçadas.

João Paulo, sempre seguro, falhou na saída de bola e deu chance clara para os baianos, que novamente não aproveitaram. Bola na trave.

Nos minutos finais o Santos voltou a controlar o jogo, mas não ofereceu perigo. Apenas administrou o resultado.

O Peixe voltará a campo na próxima quarta-feira (4) às 19h, quando terá jogo decisivo contra o Ceará, em Fortaleza, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Quem vencer, avançará às quartas de final, já que na ida as equipes empataram por 0 a 0, na Vila Belmiro. Novo empate levará a disputa para os pênaltis.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3 x 1 BAHIA

Data:
1º de novembro de 2020 (domingo)
Horário: 18h15 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
VAR: Rodolpho Toski Marques (PR)
Cartões amarelos: Madson, João Paulo, Marinho e Sandry (Santos); Juninho e Anderson Martins (Bahia)

GOLS: Madson (9'/1T) (1-0), Marinho (25'/1T) (2-0), Daniel (27'/1T) (2-1) e Jobson (36'/1T) (3-1)

SANTOS: João Paulo, Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Jobson (Sandry) e Jean Mota (Lucas Lourenço); Marinho, Soteldo (Ângelo) e Kaio Jorge (Marcos Leonardo) Técnico: Cuca

BAHIA: Douglas, Nino Paraíba, Anderson Martins, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo (Elias) e Daniel (Clayson); Élber (Marco Antonio), Fessin (Rossi) e Gilberto (Saldanha) Técnico: Mano Menezes