Santos teve bom futebol e raça na vitória sobre o Fluminense

·1 min de leitura
Madson comemora seu gol, na vitória de 2 a 0 sobre o Fluminense. Foto: Fernanda Luz/AGIF

O Santos foi raçudo e competitivo na vitória de 2 a 0 sobre o Fluminense, na noite de apresentação de Edu Dracena, como executivo de futebol. A estrela do ex-zagueiro multicampeão funcionou e serviu como motivação para o elenco. 

O desempenho do time talvez tenha sido o melhor com Fábio Carille, no comando. Agora, o técnico tem duas vitórias em dez jogos disputados. O resultado subiu o Santos para a 16ª posição da Série A, com 32 pontos em 28 partidas, saindo do Z4. Com mais 13 pontos em 30 disputados, o Santos garante permanência na elite. 

Leia também:

A vitória era fundamental pela pressão exercida sobre os profissionais santistas. Se o Santos perdesse, Carille poderia ser demitido, devido a situação delicada na classificação.

Carille escalou o time no 3-4-3, deixando Marcos Guilherme e Felipe Jonatan soltos. Deu certo e o Santos dominou grande parte do confronto. Madson foi o melhor em campo, com um gol e passe para o outro, e Zanocelo teve sua atuação de destaque, desde que estreou. A torcida santista apoiou a equipe, durante todo o tempo, aplaudindo o esforço dos jogadores. 

O Santos vai tratar cada jogo como decisão, começando pelo Athletico, sábado, em Curitiba. Marinho e Zanocelo estão suspensos. Ainda haverá clássicos com Palmeiras e Corinthians pela frente. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos