Santos tentou trazer Valdivia e não descarta chileno no meio do ano

A bola da vez no futebol paulista é Valdivia, do Internacional. Afinal, Palmeiras e Corinthians chegaram a brigar pelo jogador, que acabou mesmo ficando no Beira-Rio. Porém, enquanto os rivais lutavam pelo colorado, o Santos foi ‘comendo pelas beiradas’ e quase trouxe o Valdivia original, ex-meia do Verdão e hoje no Al Wahda, dos Emirados Árabes.

O presidente do Peixe, Modesto Roma Júnior, admitiu para a Gazeta Esportiva que vinha negociando com o chileno desde o começo do ano. Porém, o acordo não foi concluído pois a janela de transferências internacionais fechou no último dia 4 de abril.

Apesar da desistência, o mandatário não descartou tentar trazer o ex-palmeirense novamente no meio da temporada, quando ele ficará sem contrato com o Al Wahda.

“Houve sim o contato. Ficamos conversando por três meses, mas a janela fechou e não conseguimos trazê-lo. Não dá pra dizer se vamos tentar novamente. Tudo depende da situação de mercado, do momento do time. Vamos ver”, declarou Modesto exclusivamente para a Gazeta Esportiva.

Com 33 anos, Valdivia ganhou destaque no futebol brasileiro atuando pelo rival Palmeiras. Em duas passagens pelo clube, de 2006 a 2008 e 2010 a 2015, o chileno ganhou status de ídolo. Caso ele chegue no meio do ano, fará parte do meio de campo que já conta com Lucas Lima, Jean Mota, Rafael Longuine, Léo Cittadini e Emiliano Vecchio.