Santos tem ótimo desempenho em mata-matas de Libertadores na Vila

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


Pela 18ª vez em sua história, o Santos decidirá um confronto eliminatório da Copa Libertadores da América na Vila Belmiro. Na grande maioria dos casos, 13 vezes, o Peixe avançou, mostrando a força do seu estádio na principal competição do continente.

O primeiro mata-mata da Libertadores decidido na Vila Belmiro foi a semifinal de 1962, quando o Peixe empatou com a Universidad Católica (Chile) fora de casa e venceu na Vila, por 1 a 0. A equipe foi campeã naquele ano.

Três dos confrontos decididos na Vila Belmiro foram nos pênaltis, todos com classificação santista. Nacional (Uruguai) em 2003, LDU (Equador) em 2004 e Velez Sarsfield (Argentina) em 2012.

As únicas eliminações foram para Athletico Paranaense em 2005, Grêmio em 2007, América (México) em 2008 e Barcelona (Equador) em 2018. Em duas delas, contra os paranaenses e os equatorianos, com derrota.

Santos e Boca Juniors decidem uma vaga na final da Copa Libertadores da América nesta quarta-feira, 19h15, na Vila Belmiro. O Peixe precisa vencer para avançar. Os argentinos passam com vitória, ou empate com gols. Outro 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.