Santos se posiciona após matéria informar corte de refeições no CT Rei Pelé

Horários das refeições no CT Rei Pelé foram alterados, segundo o Santos (Foto: Santos/Divulgação)


O Santos se posicionou sobre a matéria publicada pela UOL nesta terça-feira informando que houve corte de refeição dos funcionários no CT Rei Pelé por economia. A matéria ainda reforçou a diminuição dos alimentos nas refeições e que outras áreas dos clubes haviam sofrido com corte de gastos. Além disso, os funcionários estariam tendo que pagar para comer fora do CT.

Ainda segundo a matéria do UOL, a decisão teria provocado um desconforto interno e os líderes do elenco chegaram a conversar com o departamento de futebol para tentar reverter a decisão.

A nota divulgada pelo Santos afirma que houve apenas um acerto de horários das refeições entre funcionários e atletas, já que os jogadores precisam de uma suplementação na alimentação.

Veja a nota do Santos:

"Sobre a matéria publicada no portal UOL – Santos corta refeições de funcionários para economizar e gera crise interna, o Santos FC esclarece que houve apenas um acerto de horários para todos os profissionais que trabalham no CT Rei Pelé, alinhado entre a gerência administrativa e a coordenação de esportes do Clube. Os jogadores realmente têm um horário diferenciado de alimentação e têm suplementação individualizada, conforme sua carga necessária. Não houve intenção de economia, muito menos crise interna. Apenas ajustes de horários para um melhor fluxo para os jogadores, que têm cronogramas específicos de treinos e nutrição",