Santos recebe prazo da Justiça para apresentar documentos da venda de Lucas Veríssimo

·1 minuto de leitura

A Justiça de São Paulo publicou uma decisão, na última sexta-feira (21), dando cinco dias para o Santos apresentar os documentos referentes à negociação do zagueiro Lucas Veríssimo com o Benfica. O Peixe pode acatar o pedido de intimação do juiz Dario Gayoso Júnior e apresentar a papelada ou responder ao processo feito pela NBK.

Segundo informações do UOL Esporte, a NBK cobra na Justiça a exposição dos documentos ligados à venda do defensor. A empresa de agenciamento de jogadores diz ter um acordo com o Peixe que a garantiria um pagamento de 60% de uma futura venda de Veríssimo. O valor seria por serviços de assessoria e intermediação do zagueiro em 2013, quando o atleta chegou à Vila.

O Santos tem cinco dias para apresentar à Justiça os documentos referentes à negociação de Veríssimo com o Benfica. | Quality Sport Images/Getty Images
O Santos tem cinco dias para apresentar à Justiça os documentos referentes à negociação de Veríssimo com o Benfica. | Quality Sport Images/Getty Images

Em ação na Justiça, a empresa argumenta que ‘assumiu um risco’ e ‘prestou serviço relevante’ ao Santos sem ter nenhuma garantia de que receberia algo em troca, uma vez que Veríssimo poderia nunca ser vendido. Por isso, a NBK quer esmiuçar os documentos para ver se tem direito aos 60% do valor da transferência do defensor para o Benfica.

Aos 25 anos, Lucas Veríssimo foi vendido pelo Santos ao Benfica por 6,5 milhões de euros no começo do ano. Ao todo, o zagueiro disputou 188 partidas pelo Peixe.

Procurado pelo UOL Esporte, o Alvinegro Praiano não quis falar do processo.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos