Santos realiza treino de finalização, e Odair Hellmann faz cobrança aos atacantes

Odair Hellmann terá primeiro desafio no comando do Santos neste domingo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)


O técnico do Santos, Odair Hellmann, comandou na manhã desta quarta-feira (28) um treinamento focado em finalizações. Titular da equipe, Marcos Leonardo teve bom aproveitamento, mas deixou as atividades mais cedo por conta de dores musculares.

Antes de a bola rolar, Hellmann bateu um papo com todos os jogadores reunidos. As ausências foram: João Paulo (dores no tendão do pé esquerdo), Alex Nascimento (transição com a fisioterapia), Pedrinho Scaramussa (lesão no tendão de aquiles direito), Rodrigo Fernández e Felipe Jonatan (academia), Ed Carlos (recuperação após cirurgia no ombro), Carlos Sánchez (em repouso após bateria de exames) e Miguelito (trauma no joelho esquerdo).

Durante as atividades, o treinador pediu um melhor desempenho dos jogadores de frente. Os jogadores puxavam contra-ataque e tentavam a finalização, mas o aproveitamento foi considerado baixo por Odair, que cobrou atacantes.

- Será que dá para fazer um golzinho? Um golzinho só? Os caras (defensores) estão deitando em vocês. Atacamos 600 vezes e não fizemos um golzinho - cobrou Odair Hellmann.

O treinador também organizou treinos de tabela e lançamento na área para testar o aproveitamento do cabeceio. Em um dos lances, Soteldo fez um bonito cruzamento de três dedos na área e Vinicius Zanocelo completou para o gol de cabeça.

A parte final do treinamento foi marcado por cobranças de pênaltis. Os jogadores Soteldo, Carabajal, Lucas Barbosa, Luiz Felipe, Lucas Pires e Maicon, ficaram encarregados pelas cobranças.

A equipe santista volta ao CT Rei Pelé às 16h para segunda parte das atividades. Depois da virada do ano, os atletas retornam no dia 3 de janeiro, às 15h, no CT, e viajam para Atibaia após o jantar. A equipe de Odair Hellmann vai se concentrar no interior paulista até o dia 8 de janeiro.