Santos pretende levar dois jogos da Libertadores para o Pacaembu

O Santos já está se programando para a Libertadores e os torcedores de São Paulo podem ficar mais felizes. Isso porque a diretoria do clube pretende mandar para o Pacaembu as duas últimas partidas ‘em casa’ pela primeira fase do torneio continental, contra Santa Fé, da Colômbia, e Sporting Cristal, do Peru.

Pensando na grande arrecadação que pode conseguir com a torcida da capital paulista, os dirigentes do Peixe querem tirar os dois confrontos da Vila Belmiro. Com isso, o único jogo em Urbano Caldeira na etapa inicial da Liberta será contra o The Strongest, no próximo dia 16, às 21h45 (de Brasília).

O martelo ainda não foi batido, mas a tendência é que pelo menos o duelo diante do Santa Fé, no dia 04 de maio, seja confirmado para o Pacaembu nas próximas semanas. Já o embate frente ao Sporting Cristal, que acontecerá em 23 de maio, ainda deve demorar para ser definido.

Como o jogo contra os peruanos será o último do Peixe na fase de grupos da Libertadores, os santistas vão estudar se valerá a pena tirar a partida da Vila Belmiro, afinal, ela pode ser decisiva para uma possível classificação para as oitavas de final da competição. Porém, os dirigentes também estão levando em conta da força do alvinegro no Pacaembu. O clube vem de uma sequência de 17 vitórias seguidas no estádio paulistano, considerado a ‘segunda casa’ do alvinegro.

O Santos, inclusive, faz sua estreia na Liberta justamente diante do Sporting Cristal, na próxima quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio Alberto Gallardo, no Peru.