Santos perde de WO no Paulistão Feminino após surto de Covid-19 e negativa para adiamento de jogo

Fábio Lázaro
·2 minuto de leitura


O time feminino do Santos foi derrotado por WO pelo São José, nesta quarta-feira (11), pela quinta rodada do Campeonato Paulista da categoria. O jogo aconteceria às 15h, no estádio Ulrico Mursa, no entanto 22 duas atletas santistas foram diagnosticadas com o novo coronavírus nos últimos dias. Por conta disso, a direção do Peixe pediu o adiamento do jogo à Federação Paulista de Futebol, teve o pedido negado e consequentemente as Serias da Vila não teriam quantidade suficiente de jogadoras para entrar em campo.

Em entrevista coletiva virtual concedida nesta quarta-feira (11), o superintendente de esportes do Peixe, Felipe Ximenes, informou a tentativa de adiar o confronto e análise jurídica da negativa da entidade máxima do futebol de São Paulo.

- Em relação ao jogo do Campeonato Paulista Feminino, pedimos o adiamento da partida e foi negado hoje pela manhã. Estamos estudando junto ao jurídico e iremos nos posicionar - afirmou Ximenes.

No entanto, o Alvinegro não terá que pagar a multa prevista para as equipes que sofrem WO, por conta da conjuntura.

Com a decisão da Federação Paulista de Futebol, o Santos emitiu um comunicado onde reitera o pedido de cancelamento do jogo.

Segue a nota na íntegra:

"Diante da negativa do adiamento da partida Santos FC e São José, nesta quarta-feira (11), no estádio Ulrico Mursa, pelo Campeonato Paulista Feminino, pela Diretoria de Competições da Federação Paulista de Futebol, o Clube pediu o cancelamento do jogo em questão, válido pela última rodada da fase de grupos do torneio.

Entendemos as circunstâncias da FPF por conta da falta de datas e, visando a continuidade da competição, por respeito à nossa torcida e aos demais times participantes, solicitamos o cancelamento da partida sem atribuição de sanção subsequente, dado que se trata de força maior.

No mesmo sentido, considerando a situação excepcional, o Santos FC expedirá uma comunicação acerca dos fatos ao TJD-SP, apresentando os exames de Covid-19 das atletas e membros da comissão técnica".

A FPF, por sua vez, justificou a sua decisão de não adiar o confronto das Sereias também em nota.

Confira:

"Na noite desta terça-feira (10) o Santos FC solicitou formalmente à Federação Paulista de Futebol o adiamento da partida contra o São José, pelo Campeonato Paulista Feminino, agendada para as 15h desta quarta-feira (11), devido a um surto de Covid-19 entre suas atletas.

O pedido de adiamento foi negado pela FPF devido ao restrito calendário impossibilitar novas datas disponíveis. Além disso, tal partida integra a última rodada da primeira fase da competição, em que todos os jogos devem ser realizados conjuntamente, na mesma data.

Posteriormente, já na tarde desta quarta-feira, o Santos FC enviou novo pedido à FPF, desta vez solicitando o cancelamento da partida.

Desta maneira, a FPF lamenta informar que a partida entre Santos x São José foi cancelada, e o São José será declarado vencedor pelo placar de 3 a 0, conforme prevê o Regulamento Geral de Competições da FPF".