Santos perde para o equatoriano Barcelona e dá adeus à Libertadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Lance da partida entre Barcelona de Guayaquil e Santos, pela Copa Libertadores
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Santos foi eliminado na fase de grupos da Copa Libertadores ao ser derrotado por 3 a 1 pelo Barcelona de Guayaquil, nesta quarta-feira, em partida válida pela sexta e última rodada da chave C, disputada no Equador.

Os gols dos donos da casa foram marcados por Damián Díaz (duas vezes, aos 15 e 54 minutos) e Montaño (77), enquanto Kaio Jorge (45+2) descontou para o time brasileiro, atual vice-campeão do torneio continental.

Com este resultado, o Peixe se despede da competição com a terceira posição do grupo, que garante vaga nas oitavas da Copa Sul-Americana, atrás dos classificados para próxima fase da Libertadores Barcelona e Boca Juniors, que venceu o lanterna boliviano The Strongest por 3 a 0, também nesta quarta, em Buenos Aires.

- Segunda eliminação na fase de grupos -

Ao entrar no estádio Monumental de Guayaquil, o Peixe tinha uma difícil tarefa pela frente. Além de vencer o líder e já classificado Barcelona, dependia também de um resultado que não fosse a vitória do argentino Boca no La Bombonera diante do The Strongest.

Apesar da necessidade da vitória, a equipe paulista demorou para ameaçar a meta adversária, conseguindo esse feito pela primeira vez aos 13, em contra- ataque puxado por Lucas Braga, que tocou para Kaio Jorge finalizar, mas o goleiro Burrai tirou com o pé.

Mas dois minutos depois, em um cruzamento pela esquerda, o meia Damián Díaz foi mais rápido que a marcação e abriu o placar para os donos da casa.

Apesar do time equatoriano ter mais volume de jogo, os visitantes chegaram ao empate nos acréscimos do primeiro tempo, quando Kaio Jorge aproveitou um rebote de Burrai, após chute de Lucas Braga, para deixar tudo igual antes do intervalo.

Na segunda etapa, na busca da virada, o Santos deu mais espaços para a equipe equatoriana, que logo passou à frente no marcador com outro gol de Damián Díaz, que finalizou com perfeição ao receber de Hoyos.

Após o novo gol, e com a vitória do Boca na capital argentina no mesmo instante, o Peixe ficou sem poder de reação, permitindo que o Barcelona ampliasse com Montaño, que aproveitou um erro de posicionamento da zaga santista para chutar para o fundo das redes sozinho diante do goleiro João Paulo, decretando assim a segunda eliminação da história do clube brasileiro na fase de grupos da Libertadores (a primeira foi em 1984).

Com os mesmos seis pontos que o The Strongest, mas com saldo de gols maior, o Alvinegro Praieiro ficou com o terceiro lugar da chave, garantindo assim sua participação nas oitavas da Copa Sul-Americana.

- Ficha da partida válida pela sexta rodada do Grupo C da Copa Libertadores 2021

Barcelona - Santos 3-1 (1-1)

Estádio: Isidro Romero Carbo (Guayaquil)

Árbitro: Andrés Rojas (COL)

Gols:

Barcelona: Damián Diaz (14, 54), Jean Carlos Montaño (77)

Santos: Kaio Jorge (45+2)

Cartões amarelos:

Barcelona: Castillo (32), Carcelen (35)

Santos: Kaiky (55), Kaio Jorge (80), Lucas Laurenço (86)

Equipes:

Barcelona: Javier Burrai - Byron Castillo, Luis Leon, Williams Riveros, Leonel Quiñónez - Leandro Emmanuel Martinez (Sergio López 62), Nixon Molina, Damian Diaz (Gabriel Cortez 73), Michael Alexander Carcelen (Matías Oyola 62), Michael Hoyos (Carlos Montaño 73) - Carlos Garces (Gonzalo Mastriani 79). T: Fabian Daniel Bustos.

Santos: João Paulo - Pará (Madson 81), Kaiky, Luan Peres, Felipe Jonatan - Angelo (Marcos Leonardo 46), Vinicius Balieiro (Kevin Malthus 80), Gabriel Pirani, Ivonei Rabelo (Lucas Laurenço 72), Lucas Braga - Kaio Jorge (Copete 89). T: Márcio Araújo.

dsl/cl/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos