Santos perde do Grêmio e se distancia do líder Flamengo

Folhapress
SANTOS, SP - 21.09.2019: SANTOS-GRÊMIO - Jogadores do Grêmio comemoram gol marcado por Luan durante a partida contra o Santos, válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, realizada no estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, neste sábado (21). (Foto: Richard Callis/Fotoarena/Folhapress) 1798346
SANTOS, SP - 21.09.2019: SANTOS-GRÊMIO - Jogadores do Grêmio comemoram gol marcado por Luan durante a partida contra o Santos, válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, realizada no estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, neste sábado (21). (Foto: Richard Callis/Fotoarena/Folhapress) 1798346

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Santos perdeu do Grêmio por 3 a 0 na noite deste sábado (21), na Vila Belmiro, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a derrota, a equipe alvinegra estacionou nos 37 pontos e se distanciou ainda mais do líder Flamengo, que foi a 45.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Com a derrota, o clube santista chegou a sua terceira partida consecutiva no Campeonato Brasileiro sem vitórias. O Santos se encontra na terceira colocação da competição e pode ver o Palmeiras, o vice-líder, se isolar ainda mais na segunda colocação, já que joga neste domingo (22) contra o Fortaleza.

Os gols da vitória gremista foram marcados por Luan, Pepê e Everton, todos na etapa final da partida.


SANTOS

Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe (Felipe Jonatan) e Jorge; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez (Lucas Venuto); Marinho (Uribe), Soteldo e Eduardo Sasha. T.: Jorge Sampaoli.


GRÊMIO

Paulo Victor; Galhardo, David Braz, Kannemann e Cortez (Juninho Capixaba); Michel, Matheus Henrique, Alisson, Luan (Pepê) e Everton; Tardelli (Thaciano). T.: Renato Gaúcho.


Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

VAR: Adriano Milczvski (PR)

Cartões amarelos: Diego Tardelli e Michel (Grêmio); Jorge Sampaoli e Soteldo (Santos

Gols: Luan, aos nove, Pepê, aos 42, e Everton, aos 48 do segundo tempo.

Leia também