Santos pega o Santa Fe para encaminhar classificação na Liberta

Desde o início do ano, o Santos tem convivido bastante com a pressão. Após início ruim no Campeonato Paulista, o elenco passou a ser questionado por parte da torcida, que chegou até a pichar os muros da Vila Belmiro. Quando parecia que as coisas estavam melhorando, veio a eliminação no Estadual, após derrota nos pênaltis para a Ponte Preta, e novamente o Peixe entrou em um clima de tensão. E para acabar de vez com os problemas e ganhar um pouco de tranquilidade, o alvinegro encara o Independiente Santa Fe, em Bogotá, na Colômbia, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Atualmente na liderança da chave 2 do torneio continental, os santistas esperam voltar ao Brasil com uma vitória na bagagem para firmarem-se na ponta e ainda deixar encaminhada a vaga nas oitavas de final. Além disso, caso o triunfo aconteça, a equipe terá um período de tranquilidade. Afinal, com a eliminação no Paulista, o time comandado por Dorival Júnior ficará 14 dias sem jogos oficiais.

Após o duelo desta quarta, o alvinegro só volta a entrar em campo no dia 4 de maio, novamente diante do Santa Fe, mas desta vez no Pacaembu, pela quarta rodada da Liberta.

“Sabemos do potencial da nossa equipe. Precisamos manter a posse de bola e arriscar ao gol. Devemos fazer o que estamos acostumados. Estamos treinando muito bem, isso é importante. Vamos seguir trabalhando e estudando o time deles para voltar para casa com a vitória”, ressaltou o meia Vitor Bueno.

E para o embate frente aos colombianos, o técnico Dorival Júnior não fez mistério e deve promover apenas uma mudança em relação ao time que foi eliminado pela Ponte na última semana. A única alteração será a entrada de Jean Mota na vaga de Zeca.

O lateral-esquerdo titular foi cortado da partida, já que foi submetido a uma artroscopia para tratamento do menisco lateral do joelho esquerdo no dia 12 de abril. Ele sofreu uma entorse ainda no primeiro tempo da partida contra a Macaca, lesão que resultou na cirurgia.

Santa Fe quer o topo

Não é só o Santos que luta pela liderança do grupo 2 da Libertadores, afinal, o Independiente Santa Fe é o segundo colocado, com 3 pontos, e está louquinho para assumir a ponta da tabela. Ao contrário do Peixe, que foi eliminado do Paulistão, o time comandado por Gustavo Costas vem de uma vitória por 1 a 0 sobre o Bucaramanga, no Campeonato Colombiano.

Apostando na força do estádio El Campín, os colombianos apostarão na pressão desde o início e prometem não dar descanso para a defesa santista. O goleiro santista Vanderlei pregou respeitou ao time de Bogotá, mas acredita que o Peixe conseguirá a vitória se manter o nível de atuação que teve contra a Ponte, no último dia 10.

“Ainda assistiremos um vídeo sobre o Santa Fe, mas sabemos que é uma boa equipe e está sempre brigando no Campeonato Colombiano, além da Libertadores. É um time muito técnico. Temos que ter uma boa atuação, assim como tivemos nos 90 minutos contra a Ponte Preta, no Pacaembu, e contra o The Strongest, quando poderíamos ter feito até um placar elástico”, explicou o arqueiro, que fará sua estreia na Libertadores nesta quarta-feira.

FICHA TÉCNICA

SANTA FE X SANTOS

Local: Estádio El Campín, em Bogotá, na Colômbia

Data: 19 de abril de 2017, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)

Assistentes: Juan P. Belatti (ARG) e Gabriel Chade (AGR)

SANTA FE: Leandro Castellanos; Carlos Arboleda, David Moya, Antonio Urrego e Dairon Mosquera; Juan Daniel Roa, Baldomero Perlaza e Yeison Gordillo; Jonatan Gómez, Johan Arango e Andrés Stracqualursi

Técnico: Gustavo Costas

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Técnico: Dorival Júnior