Santos paga sete técnicos ao mesmo tempo. Veja a lista

·1 min de leitura
Oswaldo de Oliveira, quanto treinava o Santos, em 2014. Foto: Ricardo Saibun/AGIF

O Santos enfrenta dificuldades financeiras há muito tempo, envolvendo várias gestões passadas. Neste século, o clube chegou a arrecadar R$ 1 bilhão em vendas de jogadores, mas não conseguiu transformar isso em legado físico e estrutural. 

O presidente Andrés Rueda Garcia fez uma revelação que justifica a incompetência santista. 

"Hoje, dentro do meu rol de dívidas, o Santos paga sete treinadores, por causa do passado. Tivemos um técnico português por seis meses com rescisão de quase R$ 8 milhões, R$ 400 mil por mês. Nada se negociou lá atrás, simplesmente deixaram de pagar e agora estamos pagando", afirmou, em entrevista exclusiva à Rádio Bandeirantes, com a presença do blog.

A lista dos ex-técnicos santistas que ainda estão recebendo as rescisões contratuais é a seguinte: 

1- Oswaldo de Oliveira(2014)

2- Enderson Moreira(2014/2015)

3- Dorival Jr.(2015/2017)

4- Levir Culpi(2017)

5- Jorge Sampaoli(2019) - "Conseguimos reduzir a rescisão de R$ 11 milhões para R$ 5 milhões".

6- Jesualdo Ferreira(2020)

7- Fernando Diniz(2021)

Rueda ainda confirmou as quitações com Ariel Holan, Cuca, Cuquinha e Eudes(auxiliar de Cuca).

Fábio Carille tem contrato via CLT e um acordo verbal para seguir até dezembro de 2022.  

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos