Santos mostra números parecidos no início das eras Sampaoli e Jesualdo

Gabriel Santos*
LANCE!
Primeiros jogos de Sampaoli e Jesualdo mostram alguns números parecidos (Foto: Montagem)
Primeiros jogos de Sampaoli e Jesualdo mostram alguns números parecidos (Foto: Montagem)


O Santos começou a temporada sob nova direção, com o português Jesualdo Ferreira no comando do Peixe. Com um estilo de jogo mais equilibrado, o clube conseguiu um empate e uma vitória no começo desta temporada. O ano anterior, quando Sampaoli era o técnico, também começou com os mesmos resultados, se contarmos o empate no amistoso com o Corinthians, na Arena. Todos os números são do site SofaScore.

Em 2019, o Santos empatou contra o rival por 1 a 1 e venceu a Ferroviária na primeira rodada do estadual, por 1 a 0, com gol de Jean Mota. Neste ano, sem disputar amistosos, o Peixe empatou contra o Red Bull Bragantino por 0 a 0 na Vila Belmiro e venceu o Guarani, em Campinas por 2 a 1.

Em relação aos números de posse de bola e finalizações, o time tem um equilíbrio entre um ano e outro. Sob o comando de Sampaoli, o Santos teve 60% de posse de bola contra o Corinthians e 62% diante da Ferroviária. Nesta temporada, foram 51% na partida diante do Red Bull e 60% contra o Guarani.

Nas finalizações, o Peixe continua sendo um time que chuta muito ao gol adversário. O único jogo que o Santos ficou abaixo de dez arremates foi no clássico. Na primeira rodada do estadual, o Peixe deu 21 chutes ao gol de Tadeu, então goleiro da Ferrinha. Em 2020, foram dez finalizações na estreia do estadual e 17 chutes contra o Bugre.

Veja os comparativos

Posse de bola
2019 - Corinthians x Santos: 60%
2019 - Santos x Ferroviária: 62%
2020 - Santos x Red Bull Bragantino: 51%
2020 - Guarani x Santos: 60%

Finalizações
2019 - Corinthians x Santos: 6
2019 - Santos x Ferroviária: 21
2020 - Santos x Red Bull Bragantino: 10
2020 - Guarani x Santos: 17

Outro fundamento que chama atenção nos números são os cruzamentos. A equipe de Sampaoli, marcada pela posse de bola e tentativas de tabelas, era conhecida por apostar muito na jogada aérea. Nos dois primeiros jogos da temporada de 2019, o Peixe deu 35 cruzamentos no amistoso e 37 na estreia do estadual, contra a Ferroviária.

Nesta temporada, o número de cruzamentos diminuiu. O Peixe cruzou 30 bolas contra o Red Bull Bragantino e 25 diante do Guarani. Essa estatística mostra uma equipe com mais paciência para propor as jogadas, esperando mais o adversário.

Veja os comparativos

Cruzamentos
2019 - Corinthians x Santos: 35
2019 - Santos x Ferroviária: 37
2020 - Santos x Red Bull Bragantino: 30
2020 - Guarani x Santos: 25






* Sob supervisão de Vinícius Perazzini



























Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também