Ninguém é obrigado a ganhar nada

Mauro Beting
·1 minuto de leitura
Barcelona venceu Santos na Vila Belmiro FOTO Guilherme Calvo-Pool/Getty Images

O Santos do Pelé não era obrigado a ganhar a Libertadores que venceu em 1962 e 1963 com Pelé e companhia ilimitada. O Santos de 2011 de Neymar não era obrigado a ser tricampeão da América como foi. O Santos que vive a sua pior crise financeira e ainda no meio da pandemia não é obrigado a nada como nenhuma equipe é "obrigada" a vencer qualquer torneio.

Ainda mais um time que tem tanta gente boa mas ainda imberbe. Meninos que mal podem votar e dirigir carro. E que já são "obrigados" a se superar vestindo uma camisa insuperável. Exigir que o time seja tetra da Libertadores como a pichação na Vila Belmiro é tão absurdo quanto a situação que administrações anteriores deixaram o Santos.

Sem dinheiro, sem poder contratar em 2020, e ainda assim um elenco vice campeão da Libertadores.

A derrota e atuação contra o Barcelona em Santos foram ruins. Péssimas.

Mas não foi pior do que quem picha o muro da Vila Belmiro exigindo um tetra de libertadores

Curtir

Comentar

0 come